acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Acordo

Agência europeia prevê concessão de bolsas para pesquisadores brasileiros

15/03/2016 | 12h55

Foi realizada nesta segunda-feira (14), em Bruxelas, na Bélgica, a V Reunião de Altos Funcionários da Iniciativa Conjunta da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos – União Europeia em Pesquisa e Inovação (JIRI). Em agenda paralela à reunião, o chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Danilo Zimbres, se reuniu com o presidente do European Research Council, Jean-Pierre Bourguignon.

Na reunião, Bourguignon propôs um acordo para que pesquisadores brasileiros tenham acesso aos recursos do ERC para o financiamento de pesquisas de ponta. O acordo deve ser assinado até julho.

"A proposta reflete a importância que estamos atribuindo à captação adicional de recursos no exterior. Minhas instruções para a área internacional do MCTI foram claras: ampliar, entre outras coisas, o acesso a recursos internacionais que permitam financiar pesquisa de ponta no Brasil", avaliou o ministro.

Atualmente, 8% das bolsas do European Research Council são concedidas a pesquisadores não-europeus, e a expectativa é que esse número aumente com a assinatura de acordos com México e Argentina em 2015. Criado em 2007, o ERC dispõe de um orçamento de 13,1 bilhões de euros para pesquisas entre 2014 e 2020.

"Recebemos a oferta do ERC com satisfação e trabalharemos arduamente para que o acordo seja assinado em breve, ainda em 2016. O acordo permitirá que pesquisadores brasileiros tenham acesso a recursos substantivos da União Europeia, na área de ciência, tecnologia e inovação", disse Danilo Zimbres.



Fonte: Assessoria MCTI/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar