acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Apoio Offshore

TEPOR – Novo Terminal Portuário de Macaé tem licença ambiental aprovada

17/06/2016 | 10h13
TEPOR – Novo Terminal Portuário de Macaé tem licença ambiental aprovada
Divulgação Divulgação

Foi aprovada na última terça-feira (14 de junho) a licença prévia ambiental (LP) para a construção do TEPOR – Terminal Portuário de Macaé, o primeiro complexo privado de apoio logístico ao segmento de Petróleo & Gás da cidade. Com investimentos previstos da ordem de R$ 1,3 bilhão, o empreendimento está sendo desenvolvido pelo Grupo EBTE Engenharia. A licença foi concedida pela Comissão Estadual de Controle Ambiental (CECA), órgão colegiado vinculado à Secretaria Estadual de Ambiente do Rio de Janeiro,

O TEPOR será instalado em uma área de 400 mil metros quadrados no norte de Macaé, no bairro de São José do Barreto, em localização estratégica para atender a projetos de Exploração e Produção (E&P) instalados nas bacias de Campos e de Santos. Altamente especializado, o TEPOR contará, na parte marítima, com uma ponte de 1,6 mil metros de extensão, um quebra-mar e uma plataforma de apoio, onde serão construídos berços para atracação de embarcações de apoio offshore (supply boats).

As obras de construção do TEPOR terão início em 2017 e vão garantir a geração de mais de 1.100 empregos diretos e indiretos. O início da operação do Terminal Portuário está previsto para 2020, ajudando a consolidar um novo ciclo de crescimento para a região de Macaé e permitindo ganho de eficiência e redução de custos às empresas instaladas na cidade e em seu entorno.

Além disso, o projeto se mostra de suma importância para todo o estado do Rio de Janeiro, ao sinalizar novos investimentos que poderão alavancar a recuperação da economia fluminense. O potencial de geração de empregos diretos e indiretos na fase de operação do TEPOR é de 7,5 mil postos de trabalho, sendo 800 apenas na atividade de gestão do terminal portuário.

A EBTE Engenharia detém o controle acionário integral do TEPOR desde março deste ano. O projeto começou a ser estudado em 2012 e atualmente vem sendo conduzido exclusivamente pela EBTE Engenharia, por meio de uma empresa subsidiária, a BR-Rio Engenharia Especializada.

Diversificação dos negócios em estudo

Simultaneamente ao processo de licenciamento do TEPOR para a área de Petróleo & Gás, a Diretoria da EBTE Engenharia desenvolve estudos adicionais direcionados a uma possível diversificação dos segmentos de atuação do Terminal, com foco no apoio logístico ao mercado de combustíveis e movimentação de cargas em geral. A ampliação do escopo do projeto contribuiria ainda mais para a economia estadual e da cidade de Macaé, hoje muito dependentes das atividades da indústria de óleo e gás, possibilitando a atração de investimentos de outros segmentos econômicos para a região e para o estado.

O TEPOR integra um empreendimento intermodal conjunto do Grupo EBTE Engenharia, que contempla também a instalação do CLIMA – Complexo Logístico & Industrial de Macaé, loteamento de 6,3 milhões de m² dedicado à instalação de empresas e indústrias de variados setores econômicos. Projetado para ser instalado em uma área altamente estratégica, localizada na RJ-168, a principal via de acesso à cidade, a apenas quatro quilômetros da BR-101 e a cerca de cinco quilômetros da área urbana de Macaé.

O CLIMA contará com um sistema exclusivo de captação, adução e tratamento de água, unidades de tratamento de esgoto e até um helicentro para helicópteros de grande porte. Além disso, terá grande oferta de energia elétrica e disponibilidade de gás natural.

Sobre a EBTE Engenharia

A EBTE Engenharia é uma empresa com mais de 65 anos de existência, de propriedade de uma família oriunda de Macaé, atuando no ramo de Engenharia Pesada.

Trabalha há mais de oito anos para a TKCSA, executou diversas obras no Porto do Açu, em São João da Barra, para variadas empresas e no Porto Sudeste, em Itaguaí, atualmente sob controle da Impala Terminals, da Holanda, e da Mubadala Development Company, de Abu Dhabi. Ainda constam na carteira de clientes recentes empresas com Alstom, Rolls-Royce, Jotun e Super Via, dentre outras.

A EBTE Engenharia possui mais de 700 funcionários, e seu quadro gerencial-técnico é formado por profissionais de até 40 anos de experiência, além de jovens em início de carreira que, juntos, compõem uma equipe altamente capacitada.

 

 



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar