acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Rio Oil & Gas 2018

Tenaris participa da Rio Oil & Gas 2018 apostando em serviços integrados, exportação e sustentabilidade

24/09/2018 | 21h59
Tenaris participa da Rio Oil & Gas 2018 apostando em serviços integrados, exportação e sustentabilidade
Divulgação Divulgação

Institucional

Atenta às oportunidades, a Tenaris percebeu alguns anos atrás que a aposta no mercado externo seria uma boa alternativa à baixa demanda que estava se desenhando no mercado brasileiro e investiu na modernização da sua fábrica em Pindamonhangaba (SP) para se adaptar a características de projetos internacionais, além de materiais para o Pré-Sal. Nos últimos 10 anos, a empresa investiu R$ 2 bilhões no Brasil.

A percepção foi acertada e, nos últimos três anos, a Tenaris participou de grandes projetos internacionais: forneceu 60 km de dutos para um projeto em Angola e 72 km para campos de óleo e gás em Gana a partir do município do interior paulista, de onde também saíram conectores hoje usados no Mar do Norte, Azerbaijão, Bolívia, Colômbia e México.

Além disso, a Tenaris está na segunda fase de um dos projetos tecnicamente mais complexos da história da empresa: o fornecimento de tubos high end para o projeto Zohr, no Egito, que é a maior descoberta de gás natural no Mediterrâneo com 850 bilhões de m3 de recursos potenciais de gás. Em março, foi concluída a entrega da primeira fase do projeto e, até o final deste ano, a empresa entregará a segunda. Serão ao todo mais de 450 km de tubos soldados exportados.

Graças ao trabalho em conjunto de todos os fornecedores do projeto Zohr, o início da produção do gás foi antecipado em um ano. Os tubos entregues pela Tenaris na primeira fase foram instalados e o cliente já atingiu a marca de produção de 57 milhões de m 3 por dia (2 bcf/day).

“A indústria brasileira é preparada e tem capacidade para competir com o resto do mundo e participar de grandes projetos internacionais. Nosso mercado dá sinais de recuperação, depois de três anos operando com capacidade bem reduzida. O setor foi muito impactado pela crise brasileira e temos que ser estratégicos em lidar com a baixa demanda do mercado nacional”, explica o diretor Comercial da Tenaris, Idarilho Nascimento, que participará da Arena Valor do Conhecimento, dia 26, no pavilhão 2 do evento.

Exploração em águas ultra profundas

Em termos de tecnologia, nos últimos anos a Tenaris investiu fortemente em seu conector premium TenarisHydril BlueDock®, que oferece desempenho confiável nas operações offshore. A empresa produz os tubos e os conectores sob o mesmo sistema de gestão de qualidade e pode fornecer o conector como parte de um pacote de revestimentos e tubos de produção para poços offshore.

Serviço integrado de ponta a ponta

Outro tema que a Tenaris vai abordar durante a Rio Oil & Gas é sua aposta em serviços integrados, o pacote chamado Rig Direct®. A oferta de serviços da empresa foi ampliada e já foi contratada pela Petrobras.

Trata-se de uma cadeia completa e integrada de serviços, seu diferencial hoje para o setor, atendendo à demanda dos clientes durante todo o processo: da consultoria para o desenho do projeto de poço e a seleção dos materiais, passando pela assistência técnica na instalação dos tubos no poço, até o retorno dos tubos excedentes da operação.

“Em um contexto no qual as petroleiras buscam recuperar competitividade e fazer mudanças significativas em suas operações, a qualidade e a eficiência dos serviços oferecidos são fatoreschave de diferenciação. Para a Tenaris é fundamental inovar em tecnologia e estreitar o relacionamento com o cliente”, destaca o presidente da Tenaris no Brasil, Renato Catallini.

Sustentabilidade é ponto-chave

“A Tenaris está comprometida em desenvolver um negócio sustentável a longo prazo, minimizando o impacto ambiental de nossas operações e fazendo o uso mais eficiente de recursos naturais e energia”, destaca Catallini.

Outra solução oferecida pela linha de conexões premium da companhia é a Tecnologia Dopeless®, um revestimento seco e multifuncional, que substitui a utilização da graxa nas operações offshore de descida dos tubos no poço, aumentando a eficiência e a segurança, além de diminuir o impacto ambiental gerado por essas operações. O revestimento seco é aplicado às conexões TenarisHydril em um processo automatizado nas linhas de produção especializadas das plantas da Tenaris.

Para reforçar seu compromisso com a sustentabilidade, o estande da Tenaris não terá material promocional impresso, todas as informações estarão disponíveis em tela digital e poderão ser enviadas por e-mail a seus clientes e visitantes.

Trabalhos técnicos que serão apresentados pela Tenaris nas sessões técnicas do Congresso:

Efeito do aporte de calor na microestrutura e tenacidade de uma ZAC-GG simulada computacionalmente de um aço API 5L X100M

Dia 26/09, das 09h40 às 10h

Pavilhão 5 | Sala 202A

Desenvolvimento de line pipes de alta tenacidade, baixa dureza para ambientes severos

Dia 26/09, das 15h30 às 15h45

Pavilhão 5 | Box 7 (segundo piso)

Dope free connections providing environmental, operational and economic rewards to oil and gas operators

Dia 27/09, das 14h15 às 14h30

Pavilhão 5 | Box 2 (segundo piso)

A Rio Oil & Gas é principal evento do setor e acontece de 24 a 27 de outubro, no Riocentro, no Rio de Janeiro.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar