acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Offshore

Shell Brasil e Prooceano dão suporte às operações de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil

10/09/2020 | 11h05
Shell Brasil e Prooceano dão suporte às operações de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil
José Ferrari, da Shell José Ferrari, da Shell

A expansão das fronteiras da exploração de petróleo offshore, cada vez mais distantes da costa, como o polo do pré-sal, tornaram o monitoramento das águas territoriais e as operações de busca e salvamento ainda mais complexas. Para auxiliar neste desafio, em parceria com a Marinha do Brasil, a Shell Brasil e a Prooceano iniciaram um projeto para avançar na tecnologia empregada atualmente nas atividades conhecidas como SAR, do inglês Search and Rescue.

Intitulado “Sistema de Planejamento e Apoio à Decisão em Operações de Busca e Salvamento (SPAD-SAR) da Marinha do Brasil”, o projeto propõe a integração de duas áreas de pesquisa: novas metodologias e modelos numéricos para a previsão precisa da deriva de objetos no mar através da aplicação de técnicas de modelagem computacional de partículas, e o planejamento das operações de busca e salvamento através de algoritmos computacionais avançados.

O chefe do Serviço de Busca e Salvamento da Marinha, Capitão de Mar e Guerra José Coutinho, enfatiza que esta parceria entre Marinha, Shell Brasil e Prooceano permitirá um salto de qualidade na eficiência dos serviços prestados pelos Centros de Coordenação SAR Marítimos (Salvamar) e para a comunidade marítima, no que se refere à salvaguarda da vida humana no mar.

Revista TN PetróleoO novo sistema de apoio à decisão SAR terá interface intuitiva e de fácil utilização, equipada com sistemas de verificação e minimização de erros do usuário. Ela poderá ser acessada pela intranet da Marinha e dará acesso ao ambiente de simulações onde os operadores SAR fornecerão informações sobre o evento e receberão instruções e relatórios detalhados para colocar a operação em prática.

“O sucesso de operações SAR está diretamente ligado à agilidade e acurácia na localização do alvo e ao bom planejamento dos esforços de busca. A adoção de um sistema informatizado de apoio à decisão colocará o Brasil na vanguarda das operações atribuídas ao serviço de Busca e Salvamento”, afirma Francisco dos Santos, diretor técnico da Prooceano.

O projeto de Pesquisa & Desenvolvimento, viabilizado pela cláusula de investimentos em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação, da Agência Nacional de Petróleo (ANP), terá um investimento estimado de R$ 7 milhões e será integralmente executado no Brasil em um prazo de três anos.

“Essa parceria possui um alinhamento natural com a política e objetivos da empresa na área de segurança operacional offshore, através da adoção de tecnologias digitais avançadas. A integração e a colaboração entre as equipes da Marinha do Brasil e da Prooceano serão fundamentais na superação dos desafios tecnológicos e na entrega de um produto inovador", completa José Ferrari (foto), gerente de Tecnologia da Shell Brasil.

Institucional



Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar