Pré-sal

SBM Offshore fecha financiamento de US $ 1,6 bilhão para construção e instalação do FPSO Sepetiba

Redação TN Petróleo/Assessoria
16/09/2021 15:40
SBM Offshore fecha financiamento de US $ 1,6 bilhão para construção e instalação do FPSO Sepetiba Imagem: Cortesia SBM Visualizações: 30

O financiamento do projeto foi garantido por um consórcio de 13 bancos internacionais com cobertura de seguro de Agências de Crédito à Exportação (ECA): Nippon Export and Investment Insurance (NEXI) e SACE SpA.

A linha de crédito é composta por quatro parcelas separadas com um custo médio de 4,3%, um vencimento de quatorze anos após a conclusão das parcelas cobertas pelo ECA e um vencimento de quinze anos após a conclusão das parcelas não cobertas.

O FPSO Sepetiba será operado em sociedade de propósito específico pertencente às empresas afiliadas da SBM Offshore (64,5%) e seus sócios (35,5%). O navio tem capacidade de processamento de até 180.000 barris de petróleo por dia, capacidade de injeção de água de 250.000 barris por dia, capacidade de tratamento de gás associada de 12 milhões de metros cúbicos padrão por dia e capacidade mínima de armazenamento de 1,4 milhões de barris de petróleo bruto. O FPSO será instalado em lâmina d'água de aproximadamente 2.000 metros.

O FPSO Sepetiba será instalado no campo de Mero, no pré-sal da Bacia de Santos a 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro. O Bloco de Libra, onde está localizado o campo Mero, está sob Contrato de Partilha de Produção com Consórcio formado pela Petrobras (40%), como operadora, Shell Brasil (20%) com 20%, TotalEnergies (20%), CNODC (10%) e CNOOC Limited (10%). O Consórcio também conta com a participação da Pré-Sal Petróleo SA (PPSA), como administradora do Contrato de Partilha de Produção.

Mais Lidas
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.