acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia Mundial

Rússia supera Arábia Saudita em produção de petróleo

04/11/2013 | 09h56

 

Os aumentos nas produções da Gazprom Neft e da Surgutneftegas elevaram a produção total de petróleo da Rússia, a maior do mundo, a um novo recorde no período pós-União Soviética, para 10,59 milhões de barris por dia em outubro, informou neste sábado o Ministério da Energia.
O valor é 0,6% maior do que os 10,53 milhões de barris por dia de setembro. Em toneladas, a produção da Rússia chegou a 44,77 milhões no último mês. O volume fica acima dos 10 milhões de barris por dia da produção do último mês da Arábia Saudita, maior exportadora do mundo. Mas, de acordo com a Agência Internacional de Energia, órgão ocidental que acompanha a produção, os EUA passarão a Rússia no próximo ano como maior produtor.
A Rússia tem o objetivo de produzir pelo menos 10 milhões de barris por dia nesta década, e introduziu algumas isenções de impostos para a produção de "petróleo apertado", vista como a próxima fonte de crescimento da produção depois que as reservas na Sibéria Ocidental, coração da produção nacional, tornaram-se cada vez mais escassas. A produção de petróleo e gás é a base a economia russa e gera mais da metade da arrecadação do Estado.

Os aumentos nas produções da Gazprom Neft e da Surgutneftegas elevaram a produção total de petróleo da Rússia, a maior do mundo, a um novo recorde no período pós-União Soviética, para 10,59 milhões de barris por dia em outubro, informou neste sábado o Ministério da Energia.

O valor é 0,6% maior do que os 10,53 milhões de barris por dia de setembro. Em toneladas, a produção da Rússia chegou a 44,77 milhões no último mês. O volume fica acima dos 10 milhões de barris por dia da produção do último mês da Arábia Saudita, maior exportadora do mundo. Mas, de acordo com a Agência Internacional de Energia, órgão ocidental que acompanha a produção, os EUA passarão a Rússia no próximo ano como maior produtor.

A Rússia tem o objetivo de produzir pelo menos 10 milhões de barris por dia nesta década, e introduziu algumas isenções de impostos para a produção de "petróleo apertado", vista como a próxima fonte de crescimento da produção depois que as reservas na Sibéria Ocidental, coração da produção nacional, tornaram-se cada vez mais escassas. A produção de petróleo e gás é a base a economia russa e gera mais da metade da arrecadação do Estado.



Fonte: Redação, com agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar