acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produção

Rússia diz que congelamento no petróleo significará corte na produção do país

24/11/2016 | 09h23

Um congelamento na produção de petróleo significará um corte de 200 mil a 300 mil barris por dia na produção da Rússia, diante dos planos do país para elevar sua produção, afirmou o ministro da Energia da Rússia, Alexander Novak, em declarações veiculadas pela agência de notícias Interfax.

"Caso seja tomada a medida de manter a produção nos níveis atuais quando nós havíamos planejado crescimento, para nós isso na prática será uma redução de 200 mil a 300 mil barris por dia", afirmou Novak.

O ministro disse que a Rússia dialoga com países de fora da Opep sobre um congelamento na produção, em um grupo que inclui Casaquistão, Usbequistão e México.

A Rússia continua a elevar sua produção, enquanto negocia com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) um possível congelamento ou um corte na produção, com o objetivo de impulsionar os preços. As petroleiras russas foram em parte compensadas ante os preços baixos da commodity por causa do rublo desvalorizado e de um regime tributário favorável.

Mais cedo neste ano, o presidente russo, Vladimir Putin, apoiou um acordo potencial para reduzir a produção entre as nações produtoras de petróleo.



Fonte: Dow Jones Newswire, 24/11/2016
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar