Petrobras

Refinaria de Paulínia inaugura unidade do projeto de modernização.

Agência Petrobras
01/08/2014 21:08
Refinaria de Paulínia inaugura unidade do projeto de modernização. Imagem: Agência Petrobras Visualizações: 652 (0) (0) (0) (0)

 

A Refinaria de Paulínia (Replan) inaugurou a última unidade que faltava para encerrar seu projeto de ampliação e modernização. A entrada em operação da Unidade de Tratamento de Gás Residual (UTGR) marca a conclusão de um dos maiores e mais complexos programas de modernização dentre as refinarias da Petrobras, com um investimento de mais de US$ 5 bilhões. Os novos equipamentos, além de sua importância ambiental em produzir derivados ainda mais limpos, porque melhoram a eficiência na recuperação do enxofre gerado no processo produtivo, têm também possibilitado o aumento da produção de diesel e gasolina, em função da integração e otimização com as demais unidades da refinaria.
Inaugurada em 12 de maio de 1972, a Replan é a maior refinaria da companhia em capacidade de processamento de petróleo, equivalente a 415 mil barris/dia. Sua produção corresponde a 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando aproximadamente 80% de petróleo nacional, grande parte da Bacia de Campos.
Os principais produtos originados da Replan são diesel, gasolina, gás liquefeito de petróleo (GLP), óleos combustíveis, querosene de aviação (QAV), asfaltos e nafta petroquímica, entre outros. A refinaria atende principalmente o interior de São Paulo, mas também Minas Gerais e estados do Centro-Oeste e Norte.
Situada em Paulínia, a 118 km da capital paulista, sua localização facilita o escoamento da produção, pelo acesso às principais vias de transporte rodoviário, ferroviário e terminais aéreos do estado de São Paulo.

A Refinaria de Paulínia (Replan) inaugurou a última unidade que faltava para encerrar seu projeto de ampliação e modernização. A entrada em operação da Unidade de Tratamento de Gás Residual (UTGR) marca a conclusão de um dos maiores e mais complexos programas de modernização dentre as refinarias da Petrobras, com um investimento de mais de US$ 5 bilhões.

Os novos equipamentos, além de sua importância ambiental em produzir derivados ainda mais limpos, porque melhoram a eficiência na recuperação do enxofre gerado no processo produtivo, têm também possibilitado o aumento da produção de diesel e gasolina, em função da integração e otimização com as demais unidades da refinaria.

Inaugurada em 12 de maio de 1972, a Replan é a maior refinaria da companhia em capacidade de processamento de petróleo, equivalente a 415 mil barris/dia. Sua produção corresponde a 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando aproximadamente 80% de petróleo nacional, grande parte da Bacia de Campos.

Os principais produtos originados da Replan são diesel, gasolina, gás liquefeito de petróleo (GLP), óleos combustíveis, querosene de aviação (QAV), asfaltos e nafta petroquímica, entre outros. A refinaria atende principalmente o interior de São Paulo, mas também Minas Gerais e estados do Centro-Oeste e Norte.

Situada em Paulínia, a 118 km da capital paulista, sua localização facilita o escoamento da produção, pelo acesso às principais vias de transporte rodoviário, ferroviário e terminais aéreos do estado de São Paulo.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.