Onshore

REATE 2020 é lançado durante evento em Mossoró, RN pelo MME

Redação/Assessoria MME
27/11/2019 11:12
REATE 2020 é lançado durante evento em Mossoró, RN pelo MME Imagem: Divulgação Visualizações: 677 (0) (0) (0) (0)

O Plano Integrado de Ação do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres – REATE 2020 foi lançado ontem (26/11) durante o Mossoró Oil & Gas Expo – IV Fórum Onshore Potiguar, realizado na Expocenter – Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).

O REATE 2020 é uma ação do Ministério de Minas e Energia (MME), na área de óleo e gás, que promove significativo impacto social nas comunidades locais e regionais. Isso ocorre porque as atividades de pesquisa e produção petrolífera em terra envolvem, e, de alguma forma, beneficiam os mais diversos segmentos envolvidos nestas atividades (cadeia de valor), permitindo o desenvolvimento e a geração de emprego e renda no interior do País.

Trata-se de uma parceria do MME com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), a REDEPETRO RN, a Casa Civil da Presidência da República, o Ministério da Economia, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a Empresa de Política Energética (EPE), a Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás (ABPIP), a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE e com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, entre outros apoiadores do segmento onshore no País.

O programa já alcançou alguns resultados expressivos. Merece destaque a inserção do onshore - como é denominada a atividade em terra - dentro da agenda regulatória da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) do próximo ano. Significa dizer que a ANP vai envidar esforços para o aprimoramento regulatório terrestre, dando o tratamento proporcional que o segmento merece.

Convém ressaltar, ainda, o enquadramento do poço transparente para reservatório de baixa permeabilidade, oriundo do REATE, no Programa de Parceria de Investimento - PPI. Isso mostra que não só o projeto passou a ter prioridade nacional, dada sua importância para o desenvolvimento do potencial do onshore nacional, como, também, serão somados os esforços de outros órgãos para fins de apoio ao licenciamento ambiental e à sua implantação.

A próxima e última reunião do ano do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) deve debater a proposta de criação de um Comitê Interministerial com vistas a implementar trabalhos e ações no âmbito do REATE 2020. O objetivo deste comitê, que terá duração de 4 meses, estará voltado para temas que precisem de maiores articulações e tratativas para serem encaminhados. A expectativa é que, ao final desse período, já se tenha as ações encaminhadas.

O MME entende que o sucesso do REATE 2020 se dará – o que já é possível visualizar - pela união dos esforços e do trabalho conjunto do governo, da iniciativa privada e do universo acadêmico, em prol do Brasil.

Publicidade

 

Mais Lidas De Hoje
veja Também
Sergipe Oil & Gas 2024
Fábio Mitidieri discute com Petrobras novas estratégias ...
23/07/24
Sergipe Oil & Gas 2024
Será inaugurado terça-feira (23/07), o gasoduto que inte...
23/07/24
Sergipe Oil & Gas 2024
Semana do Petróleo, Gás e Energia começa em Sergipe
23/07/24
Apoio Offshore
CBO assina com Equinor para operar PSV Delta Cardinal
22/07/24
Oportunidade
Subsea7 oferece diversas vagas de emprego onshore e offs...
22/07/24
Oportunidade
ICONIC desenvolve banco de talentos exclusivamente para ...
22/07/24
Fenasucro
Brasil terá 20 novas biorrefinarias de etanol de milho n...
22/07/24
Bacia de Campos
Sonda Valaris DS-17 fará a perfuração do projeto Raia no...
22/07/24
Combustíveis
No fechamento do semestre, os combustíveis mais caros fo...
22/07/24
Estudo
Coral invasor é resistente a compostos biocidas usados e...
22/07/24
Etanol
Anidro cai 0,98% após 5 semanas em alta; hidratado fecha...
22/07/24
Petroquímica
Petrobras e Braskem concluem testes de produto químico c...
19/07/24
Terminais
Vast e Vibra fecham acordo de 20 anos para movimentação ...
19/07/24
Gasodutos
SCGÁS: Primeiro semestre de 2024 é marcado por avanços n...
19/07/24
Pessoas
Cristiane Schmidt assume presidência da MSGÁS
19/07/24
Energia Elétrica
Com 5,7 GW instalados, expansão da matriz elétrica brasi...
19/07/24
Certificação
FPSO Bacalhau é primeiro no mundo a receber a notação DN...
18/07/24
Certificação
Porto do Açu Operações recebe certificação internacional...
18/07/24
Premiação
ComBio é premiada com Selo Verde de Sustentabilidade
18/07/24
Evento
Repsol Sinopec lança primeiro desafio para buscar soluçã...
18/07/24
Rio Grande do Norte
Exploração e desenvolvimento das Bacias da Margem Equato...
18/07/24
VEJA MAIS
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.