acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Investimento

Raízen: RenovaBio traz tranquilidade e cenário para investimentos fica mais claro, diz Abreu

02/08/2018 | 09h34
Raízen: RenovaBio traz tranquilidade e cenário para investimentos fica mais claro, diz Abreu
Cortesia Raízen Cortesia Raízen

O vice-presidente executivo de etanol, açúcar e bioenergia da Raízen, João Alberto de Abreu, avaliou hoje que o RenovaBio, nova lei para os biocombustíveis, "traz tranquilidade e um cenário claro" para investimentos futuros no setor produtivo. Para o executivo, do ponto de vista de investimento, ao longo da próxima década "todas as decisões são mais fáceis", com visão de longo prazo, como a prevista para a implantação do RenovaBio, disse ele durante o 11º Congresso Nacional da Bioenergia, realizado pela UDOP em Araçatuba (SP).

Segundo Abreu, além de facilitar investimentos, a nova política traz a certeza de que o etanol hidratado será "mantido no portfólio" das companhias do setor. Principal produto para que o programa seja viabilizado, o biocombustível teve a continuidade da produção ameaçada por conta da pouca valorização em relação à gasolina. Algumas companhias chegaram a defender a priorização do etanol anidro, utilizado na mistura à gasolina, e do açúcar.

O vice-presidente da Raízen considerou o também o RenovaBio com um "exemplo claro de agenda que concilia interesses do governo, do setor e da sociedade", uma referência à tramitação rápida da proposta. Em pouco mais de um ano, o programa foi elaborado, discutido, aprovado pelo Congresso e regulamentado, e deve começar a ser implantado a partir de 2020.



Fonte: Redação/Broadcast Agro
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar