acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Preços do petróleo se recuperam após mínima de 3 meses, mas temores sobre demanda persistem

10/09/2020 | 08h44

Os preços do petróleo recuperaram nesta quarta-feira algumas das perdas sofridas na sessão anterior, mas uma retomada nos casos de Covid-19 em alguns países minou as esperanças de uma recuperação estável na demanda global por combustíveis

Os contratos futuros do petróleo Brent subiram 1,01 dólar, ou 2,5%, a 40,79 dólares por barril. O "benchmark" caiu mais de 5% na terça-feira, ficando abaixo de 40 dólares pela primeira vez desde junho.

Já o petróleo dos EUA (WTI) avançou 1,29 dólar, ou 3,5%, para 38,05 dólares o barril, depois de recuar quase 8% na véspera.

Isso tirou os dois principais "benchmarks" dos níveis atingidos na terça-feira, perto das mínimas de três meses.

Os preços caíram esta semana depois que a petrolífera estatal da Arábia Saudita, Aramco, cortou os preços oficiais de venda de outubro para o seu petróleo leve árabe, um sinal de desaceleração da demanda.

"Quando fortes produtores do Oriente Médio estão dispostos a vender a preços mais baixos, é normal que o mercado global entre em pânico e siga o exemplo", disse Paola Rodriguez-Masiu, analista sênior de mercados de petróleo da Rystad Energy.

Além disso, a crise global de saúde continua a piorar com o aumento dos casos de coronavírus na Índia, Grã-Bretanha, Espanha e várias partes dos Estados Unidos. Os surtos estão ameaçando desacelerar a recuperação econômica global e reduzir a demanda por combustíveis, desde gás de aviação até diesel.



Fonte: Reuters, 10/09/2020
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar