acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Pöyry amplia atuação no Brasil com foco na área de energia

14/10/2009 | 12h34
Multinacional da área de consultoria e engenharia, com sede na Finlândia, que conquistou posição de liderança no atendimento do setor de papel e celulose no Brasil, o Grupo Pöyry está ampliando sua atuação no País com foco na área de energia, na qual é líder européia em consultoria e uma das líderes mundiais no fornecimento de serviços de engenharia e gerenciamento de projetos de energia.

 

O Grupo Pöyry se preparou para crescer nesse segmento no mercado brasileiro utilizando seu know-how e resultados reconhecidos na implementação de projetos englobando todo o ciclo de vida de um investimento, que inclui consultoria estratégica e de negócios, serviços de engenharia, gerenciamento de empreendimentos e suporte durante a operação.

 

A expertise do grupo na área de energia inclui todos os tipos de geração, desde geração hidrelétrica (de pequeno e grande portes) e termoelétrica movida à biomassa a partir de resíduos de preparação de madeira na indústria de celulose, casca de arroz, bagaço de cana e lixo, até usinas eólicas. A Pöyry atua ainda na geração térmica nuclear e a partir da queima de óleo, gás e carvão.

 

Entre as ações realizadas com vistas a fortalecer sua atuação no setor de energia no Brasil, a Pöyry desenvolveu um projeto piloto de geração térmica a partir de lixo doméstico, adaptando projetos realizados em outros países de modo a adequá-los à realidade brasileira. O projeto piloto, maximizando o uso de equipamentos nacionais e minimizando o valor do investimento. Este projeto levou em consideração também o levantamento de sites potenciais para implementação desse tipo de usina térmica.

 

“Essas ações associadas a nossa experiência na área ambiental tornam a Pöyry um parceiro qualificado no desenvolvimento de projetos inovadores de energia”, afirma Marcelo Cordaro, presidente da subsidiária brasileira do Grupo Pöyry, ao ressaltar que ser um dos líderes mundiais neste segmento é resultado da capacidade de combinar amplos conhecimentos da indústria com as melhores práticas em gerenciamento e engenharia.

 

No Brasil, a Pöyry participou de todos os grandes projetos da área de papel e celulose executados nos últimos 10 anos. Para suprir a energia elétrica requerida nas plantas, a empresa participou da implementação de mais de 1.000 MW de eletricidade gerados a partir de biomassa. Desse total, aproximadamente 200 MW referem-se à energia excedente que é disponibilizada no Sistema Interligado Nacional.

 

Além disso, a companhia realizou o projeto de energia da recém-inaugurada planta da VCP (Votorantim Celulose e Papel), localizada no município de Três Lagoas, que utiliza biomassa a partir de resíduos florestais (cascas de árvores, galhos, etc) e não apenas dos resíduos provenientes da produção de celulose. Trata-se de um projeto de cogeração com venda de energia excedente de 185 mil MW.

 

É no segmento de biomassa e energia a partir do lixo que a Pöyry enxerga grandes oportunidades no País. “Estimamos que o Brasil tenha capacidade para instalar 1000 MW de energia a partir de biomassa e aproximadamente 300 MW de energia a partir do lixo no prazo de 5 anos”, estima Cordaro.

 

No exterior, no segmento de energia eólica, o Grupo Pöyry é conhecido pelas dezenas de parques que ajudou a instalar na Europa, incluindo os de Hyötytuuli na Finlândia, de Italgen na Turquia, e de Aulepa, na Estônia.

 

A Pöyry tem 40 anos de atuação no segmento de energia nuclear, o que lhe confere uma valiosa experiência e know-how. Está atualmente participando do projeto Flamanville 3, na França; do projeto Fennovoïma, na Finlândia, e Visagino na Lituânia, entre outros.

 




Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar