acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Projeto

Postos de gasolina do Rio vão receber embalagens de óleo lubrificante

02/08/2010 | 09h26
Os moradores do estado do Rio de Janeiro que usam óleo lubrificante automotivo poderão descartar as embalagens desses produtos em postos de gasolina. Com o Programa Jogue Limpo, lançado na última sexta-feira (30), as embalagens terão como destino a reciclagem, para garantir um descarte ecologicamente eficiente.


O programa é uma iniciativa do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom), das secretarias de Estado do Ambiente e Municipal do Meio Ambiente e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). A expectativa é recolher 2 milhões de embalagens até o final do ano em todo estado.

“O papel do Estado é fundamental [no programa], pois passa a cobrar dos estabelecimentos a sua parcela de responsabilidade. No próprio processo de licenciamento de um estabelecimento que vende lubrificantes, o Estado passa a cobrar que o lugar prove que encaminha corretamente para reciclagem as embalagens que ele vende”, afirmou o vice-presidente executivo do Sindicom, Alísio Vaz.

O programa já está implantado no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. De acordo com Vaz, com o funcionamento do Jogue Limpo nas regiões Sul e Sudeste, 35% dos postos de todo Brasil estarão cobertos pelo programa até o final do ano e 24 milhões de embalagens devem ser recolhidas.


A coleta é realizada por caminhões que visitam periodicamente os pontos de descarte. Depois de recolhidas, as embalagens são pesadas e os dados são transferidos para o site do programa. Em seguida, os frascos são encaminhados para a central de recebimento, onde o material é prensado, armazenado e, posteriormente, remetido a uma recicladora.


O programa será divulgado na própria embalagem do produto e também em panfletos explicativos nos postos de recolhimento.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar