Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Desinvestimento Petrobras

Por US$ 220 milhões, Polo Miranga (BA) fica com a PetroRecôncavo

25/02/2021 | 09h03
Por US$ 220 milhões, Polo Miranga (BA) fica com a PetroRecôncavo
Divulgação Divulgação

A Petrobras que assinou ontem (24/02) com a SPE Miranga S.A., subsidiária integral da PetroRecôncavo S.A., contrato para a venda da totalidade de sua participação em nove campos terrestres de exploração e produção, denominados Polo Miranga, localizados no estado da Bahia.

O valor da venda total é de US$ 220,1 milhões, sendo: (a) US$ 11 milhões pagos na presente data; (b) US$ 44 milhões no fechamento da transação; (c) US$ 80,1 milhões diferidos em três parcelas ao longo de três anos a partir do fechamento da transação e (d) até US$ 85 milhões em pagamentos contingentes relacionados a preços futuros do petróleo. Os valores não consideram os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Publicidade

“Com essa operação seguimos com foco em maximizar o valor do nosso portfólio e também abrimos oportunidade para que outras empresas do setor possam também prosperar. Acreditamos que o Polo Miranga poderá se desenvolver, recebendo novos recursos e aumentando sua vida útil, com impacto positivo na geração de empregos e renda para a região”, destaca do Diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade da Petrobras, Roberto Ardenghy.

"A gestão de portfólio, promovida pela Petrobras, promove uma verdadeira abertura do segmento para as operadoras independentes, permitindo uma ampliação de investimentos, alongamento da vida útil dos campos e criação de um mercado competitivo com benefícios para toda a cadeia da indústria”, afirma Marcelo Magalhães, Diretor Presidente da Petrorecôncavo.

A presente divulgação está de acordo com as normas internas da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

Essa operação está alinhada à estratégia de otimização do portfólio e melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.

Divulgação

Sobre o Polo Miranga

O Polo compreende os campos terrestres de Miranga, Fazenda Onça, Riacho São Pedro, Jacuípe, Rio Pipiri, Biriba, Miranga Norte, Apraiús e Sussuarana, localizados no estado da Bahia. A Petrobras é operadora com 100% de participação nessas concessões. A produção média do Polo Miranga de 2020 foi de aproximadamente 899 barris de óleo por dia (bpd) e 376,8 mil m³/dia de gás natural.

Sobre a Petrorecôncavo - A Petrorecôncavo é uma empresa brasileira de óleo e gás com atuação na revitalização e aumento no fator de recuperação de campos maduros onshore, sendo atualmente uma das maiores produtoras independentes do ramo.

A empresa adquiriu a participação da Petrobras no Polo Riacho da Forquilha em 2019. Em 2020, adquiriu novo bloco exploratório na Bacia Potiguar, e assinou contrato de compra e venda referente a participação da Petrobras no Polo Remanso.



Fonte: Redação TN Petróleo, Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar