acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preço

Petróleo opera sem sinal único, após recuo da semana passada

20/08/2018 | 09h49

Os contratos futuros de petróleo operam sem sinal único na manhã desta segunda-feira. Os dois contratos chegaram a subir mais cedo, após uma semana anterior negativa, mas o WTI perdeu fôlego, em meio à valorização do dólar.

Às 8h (de Brasília), o petróleo WTI para outubro caía 0,29%, a US$ 65,02 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para outubro tinha alta de 0,18%, a US$ 71,96 o barril, na ICE.

O mercado continua a monitorar o quadro na Turquia. Em sessões anteriores, quedas fortes na lira turca geraram o temor de contágio em outras moedas emergentes ante o dólar. "Os ativos de risco foram atingidos pela crise de confiança entre as economias de mercados emergentes", afirmou Stephen Brennock, analista da corretora PVM. Segundo ele, isso eleva a preocupação de que o crescimento econômico mais fraco prejudique a demanda por petróleo.

As preocupações foram apoiadas por sinais de crescimento mais modesto na China, onde uma disputa comercial com os EUA prejudica a perspectiva para a segunda maior economia do mundo. Agora, porém, representantes dos dois países manterão diálogo sobre as divergências comerciais nesta semana. Analista do UBS Wealth Management, Giovanni Staunovo diz que algum tipo de acordo impulsionaria a tomada de risco e, consequentemente, o preço do petróleo.

No câmbio, o dólar em geral mais forte nesta manhã torna o petróleo mais caro para os detentores de outras moedas, o que reduz o apetite dos investidores pela commodity.



Fonte: Dow Jones Newswires, 20/08/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar