acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo fecha sem sinal único, após oscilar de olho em estoques dos EUA

07/03/2019 | 10h21

Os contratos futuros de petróleo fecharam sem sinal único, nesta quarta-feira, 6. Após oscilar grande parte do pregão com viés negativo, o Brent ganhou fôlego e ainda terminou em leve alta, com investidores atentos aos números de estoques da commodity nos Estados Unidos.

O petróleo WTI para abril fechou em queda de 0,60%, a US$ 56,22 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para maio subiu 0,20%, a US$ 65,99 o barril, na ICE.

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) informou que os estoques de petróleo dos EUA aumentaram 7,069 milhões de barris na última semana, bem acima da previsão de alta de 1,6 milhão dos analistas. Por outro lado, os estoques de gasolina e os de destilados caíram mais que o esperado, enquanto a produção média diária manteve-se em 12,1 milhões de barris.

Logo após o dado do DoE, os contratos reduziram perdas, diante do recuo nos estoques de gasolina e destilados, mas posteriormente voltaram a cair mais. Mais para o fim do pregão, diminuíram as perdas.

Na avaliação da Capital Economics, os preços do petróleo devem recuar mais neste ano, diante da demanda modesta causada pelo crescimento econômico global mais fraco. O Commerzbank, por sua vez, destaca em nota que a produção de xisto nos EUA deve continuar a crescer fortemente, o que tende a pressionar os preços do barril.



Fonte: Dow Jones Newswires, 07/03/2019
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar