acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo fecha no maior nível em 4 meses, impulsionado por queda de estoques

20/03/2019 | 17h48

O petróleo fechou o dia na maior cotação em quatro meses em Nova York, após o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) anunciar que os estoques do óleo nos Estados Unidos caíram quase 10 milhões de barris na semana encerrada em 9 de março.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI para maio fechou em alta de 1,59%, a US$ 60,23. O contrato para abril, que venceu hoje, fechou em alta de 1,35%, a US$ 59,83. Já o Brent para maio, negociado na Intercontinental Exchange (ICE), teve ganho de 1,32%, a US$ 68,50 o barril.

O indicador do DoE surpreendeu boa parte do mercado nesta sessão. Enquanto analistas consultados pelo Wall Street Journal previam avanço de 800 mil barris na semana passada, houve queda de 9,589 milhões de barris.

Os estoques de gasolina recuaram 4,587 milhões de barris, superando expectativa de baixa de 2,1 milhão de barris. Os estoques de destilados caíram 4,127 milhões de barris, também além da previsão de recuo de 1,2 milhão.

"De modo geral, este é um relatório muito altista para os preços", escreveu, em relatório o consultor da ION Energy Kyle Cooper.



Fonte: Dow Jones Newswires, 20/03/2019
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar