acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Treinamento

Oceânica e Marin realizam treinamento para equipe da Chevron no FPSO Frade

08/09/2016 | 15h30

Entre os dias 8 e 12 de agosto a Oceânica realizou treinamento para a equipe de Mooring Masters da Chevron envolvida no projeto FPSO Frade. O treinamento, desenvolvido em conjunto pela Chevron, Marin e Oceânica, consistiu numa parte teórica, dedicada ao estudo de técnicas avançadas de manobra e controle de navios, e numa parte prática, dedicada à aplicação dessas técnicas à realidade operacional vivida pelos participantes do curso em sua rotina de trabalho.

A função principal de um Mooring Master é orientar a manobra de aproximação de um navio tanque aliviador até um navio-plataforma (FPSO) ou outro tipo de estrutura offshore, acompanhar o procedimento de conexão entre os dois e controlar a posição relativa do navio aliviador durante todo o tempo em que este permanecer conectado. Trata-se de um trabalho de grande responsabilidade, devido aos riscos à vida humana e aos grandes danos potenciais ao meio ambiente e ao patrimônio em caso de um acidente, o que ressalta a importância de elaborar e realizar treinamentos de alta qualidade para este tipo de profissional marítimo.

Todo o curso foi realizado no Centro Náutico NAUTILUS, localizado nas dependências da Oceânica em São Paulo. O mesmo curso já foi ministrado anteriormente pelo Marin e pela Chevron nos Estados Unidos e na Europa, mostrando que é possível realizar no Brasil treinamentos e projetos de simulação que antes necessitavam ser realizados no exterior.

Os exercícios da parte prática foram realizados no simulador de manobras principal, no qual foram reproduzidos o FPSO Frade, navios aliviadores Aframax, Suezmax e VLCC, e um rebocador oceânico tipo AHTS, além das condições ambientais anuais, decenais e centenárias que ocorrem na área do FPSO Frade. Os participantes do curso foram instruídos e avaliados na execução de operações sob condições ambientais normais e críticas e na resposta a diversas emergências, realizando simulações das manobras de aproximação do navio aliviador ao FPSO, conexão dos mangotes de transferência de carga e controle de posição do navio aliviador quando conectado ao FPSO.

A semana de treinamento foi muito bem-sucedida e marcou a primeira cooperação entre a Oceânica e a Chevron na área de operações náuticas.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar