acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Operação Lava-Jato

Nos EUA, Janot fala sobre Lava-Jato na Brazil Conference, organizada por Harvard e pelo MIT

25/04/2016 | 13h10

A atuação equilibrada do Ministério Público Federal (MPF), em colaboração com órgãos brasileiros de controle, foi tema central da palestra do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Brazil Conference, realizada pela Universidade de Harvard e pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos. O evento acontece nesta sexta-feira e sábado, 22 e 23 de abril, e busca discutir os problemas e promover as ações que promovam o desenvolvimento do Brasil.

Na ocasião, o procurador-geral citou dados da Lava Jato, como os 47 inquéritos já instaurados no Supremo Tribunal Federal e os 118 mandados de busca e apreensão também no âmbito da Corte. Na primeira instância, foram 1.177 procedimentos instaurados, com 574 mandados. Janot apontou ainda que a Lava Jato já firmou 65 acordos de colaboração premiada, dos quais 51 com pessoas soltas, o que refuta a crítica de que prisões são feitas para forçar colaborações.

A certificação ISO 9001, conquistada por seu Gabinete quanto ao trabalho de distribuição judicial e processamento extrajudicial, também foi destacada pelo procurador-geral. Para conquistar o certificado, é necessário implementar procedimentos obrigatórios, como controle de documentos e de registros, auditoria interna, cumprimento da legislação pertinente e implementação da política e dos objetivos de qualidade. Na prática, isso significa economia de tempo e de recursos, transparência, segurança e qualidade nos processos de trabalho, além de confiabilidade institucional.



Fonte: MPF/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar