Hidrogênio Verde

Marco Legal do Hidrogênio Verde: Senado aprova texto base do projeto que regulamenta a produção do 'combustível do futuro'

Hidrogênio verde é entendido como um dos principais caminhos para substituir os combustíveis fósseis.

Redação TN Petróleo/Assessoria
21/06/2024 16:04
Marco Legal do Hidrogênio Verde: Senado aprova texto base do projeto que regulamenta a produção do 'combustível do futuro' Visualizações: 334 (0) (0) (0) (0)

O Brasil está avançando na regulação do mercado de hidrogênio verde, entendido como um dos combustíveis do futuro. Na última quarta-feira, 19, o Senado aprovou o texto base de um projeto que estabelece uma política voltada ao incentivo da energia limpa no Brasil, utilizando o combustível de hidrogênio de baixa emissão de carbono. A proposta visa introduzir, de maneira competitiva, o chamado "hidrogênio verde" na matriz energética do país. A votação ainda não foi finalizada, já que o plenário do Senado ainda terá que avaliar as sugestões de alteração ao projeto.

Na discussão sobre a transição energética para uma economia de baixo carbono, o hidrogênio verde aparece em destaque como uma das opções mais viáveis para o planeta. Uma estimativa da Consultoria Markets&Markets projeta que a demanda pelo combustível hidrogênio chegará a 680 milhões de toneladas métricas em 2050. Em 2020, este mercado era de 87 milhões.

"Os desafios da produção de hidrogênio verde estão em várias frentes, mas uma delas é, sem dúvida, a questão regulatória. Quanto mais estabelecido e claro estiver este segmento, maior o potencial de atração de investidores e de investimentos necessários neste momento de discussão sobre a transição energética. O projeto de lei prevê diversas medidas, incluindo a criação de um sistema brasileiro de certificação de hidrogênio, um regime especial de incentivo para produção, cooperação técnica e financeira entre os setores públicos e privados, além de diversos incentivos fiscais, financeiros, creditícios e também regulatórios", diz Nathalia Lima Barreto (foto), advogada especializada em direito ambiental do escritório Razuk Barreto Valiati.

O hidrogênio é produzido a partir da eletrólise da água, com baixa ou zero emissão de carbono em seu processo produtivo. No entanto, para obter o selo de "hidrogênio verde", é preciso garantir que o combustível seja oriundo de fontes renováveis (água, sol e vento, por exemplo).

O que diz o Marco Legal

Entre as principais medidas do texto, estão a criação da Política Nacional do Hidrogênio de Baixa Emissão de Carbono, que vai regular este mercado no país. O PL também define que a governança do setor estará sob a responsabilidade da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Os produtores ainda poderão aderir ao Sistema Brasileiro de Certificação do Hidrogênio, voltado à promoção de seu uso de forma sustentável. A iniciativa cria o Rehidro, o Regime Especial de Incentivos para a Produção de Hidrogênio, com o propósito de garantir desenvolvimento tecnológico e industrial, competitividade e agregação de valor às cadeias produtivas, estabelecendo regras de certificação e regulação para as empresas do segmento.

Outro ponto destacado por Nathalia é que diversos países do mundo estão buscando fontes renováveis de energia. A União Europeia busca atingir a neutralidade climática até 2050. Por isso, é fundamental que o Brasil busque a consolidação de parcerias que podem trazer investimentos para a viabilidade e sustentação de uma cadeia produtiva no país.

Mais Lidas De Hoje
veja Também
Sergipe Oil & Gas 2024
Fábio Mitidieri discute com Petrobras novas estratégias ...
23/07/24
Sergipe Oil & Gas 2024
Será inaugurado terça-feira (23/07), o gasoduto que inte...
23/07/24
Sergipe Oil & Gas 2024
Semana do Petróleo, Gás e Energia começa em Sergipe
23/07/24
Apoio Offshore
CBO assina com Equinor para operar PSV Delta Cardinal
22/07/24
Oportunidade
Subsea7 oferece diversas vagas de emprego onshore e offs...
22/07/24
Oportunidade
ICONIC desenvolve banco de talentos exclusivamente para ...
22/07/24
Fenasucro
Brasil terá 20 novas biorrefinarias de etanol de milho n...
22/07/24
Bacia de Campos
Sonda Valaris DS-17 fará a perfuração do projeto Raia no...
22/07/24
Combustíveis
No fechamento do semestre, os combustíveis mais caros fo...
22/07/24
Estudo
Coral invasor é resistente a compostos biocidas usados e...
22/07/24
Etanol
Anidro cai 0,98% após 5 semanas em alta; hidratado fecha...
22/07/24
Petroquímica
Petrobras e Braskem concluem testes de produto químico c...
19/07/24
Terminais
Vast e Vibra fecham acordo de 20 anos para movimentação ...
19/07/24
Gasodutos
SCGÁS: Primeiro semestre de 2024 é marcado por avanços n...
19/07/24
Pessoas
Cristiane Schmidt assume presidência da MSGÁS
19/07/24
Energia Elétrica
Com 5,7 GW instalados, expansão da matriz elétrica brasi...
19/07/24
Certificação
FPSO Bacalhau é primeiro no mundo a receber a notação DN...
18/07/24
Certificação
Porto do Açu Operações recebe certificação internacional...
18/07/24
Premiação
ComBio é premiada com Selo Verde de Sustentabilidade
18/07/24
Evento
Repsol Sinopec lança primeiro desafio para buscar soluçã...
18/07/24
Rio Grande do Norte
Exploração e desenvolvimento das Bacias da Margem Equato...
18/07/24
VEJA MAIS
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.