acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Rio de Janeiro

Investimentos em logística chegam a R$ 34 bilhões

01/07/2014 | 17h36

 

O estado do Rio de Janeiro se consolida como um importante polo do setor de logística. A descentralização econômica, com instalação de unidades fabris no interior fluminense, aumentou a necessidade de empreendimentos logísticos que integrassem os municípios às principais vias de escoamento de produção. O setor já soma investimentos de R$ 34 bilhões, entre obras anunciadas e em andamento.
O Médio Paraíba receberá um terminal multimodal integrado com um complexo logístico e industrial. O empreendimento ligará, por via modais ferroviários e rodoviários, o Porto do Rio com a região do Vale do Paraíba, na divisa entre Rio e São Paulo. O investimento atenderá à demanda logística do polo automotivo da região. O complexo terá R$ 250 milhões em investimentos.
Na mesma região, a Nissan inaugurou seu novo Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças, em Resende, que ampliou a capacidade de estoque de peças da empresa no Brasil, com investimento de R$ 70 milhões.
Em Queimados, a MRS Logística instala um Polo Intermodal Ferroviário, com investimento de R$ 240 milhões. O empreendimento será interligado a outro terminal em Mogi das Cruzes, em São Paulo.
O Arco Metropolitano é a principal obra logística realizada pelo Governo do Estado, e ligará os municípios de Itaguaí à Itaboraí, com acesso ao Porto do Sudeste e ao Comperj, em Itaboraí. Ao redor do Arco já foram atraídos mais de R$ 60 bilhões.
O estado ainda tem em carteira na área de logística, empreendimentos de empresas como Usiminas e CSN, que investirão em plataformas logísticas em Itaguaí. Em Maricá, a construção de um porto demandará investimento de R$ 6 bilhões.

O estado do Rio de Janeiro se consolida como um importante polo do setor de logística. A descentralização econômica, com instalação de unidades fabris no interior fluminense, aumentou a necessidade de empreendimentos logísticos que integrassem os municípios às principais vias de escoamento de produção. O setor já soma investimentos de R$ 34 bilhões, entre obras anunciadas e em andamento.

O Médio Paraíba receberá um terminal multimodal integrado com um complexo logístico e industrial. O empreendimento ligará, por via modais ferroviários e rodoviários, o Porto do Rio com a região do Vale do Paraíba, na divisa entre Rio e São Paulo. O investimento atenderá à demanda logística do polo automotivo da região. O complexo terá R$ 250 milhões em investimentos.

Na mesma região, a Nissan inaugurou seu novo Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças, em Resende, que ampliou a capacidade de estoque de peças da empresa no Brasil, com investimento de R$ 70 milhões.

Em Queimados, a MRS Logística instala um Polo Intermodal Ferroviário, com investimento de R$ 240 milhões. O empreendimento será interligado a outro terminal em Mogi das Cruzes, em São Paulo.

O Arco Metropolitano é a principal obra logística realizada pelo Governo do Estado, e ligará os municípios de Itaguaí à Itaboraí, com acesso ao Porto do Sudeste e ao Comperj, em Itaboraí. Ao redor do Arco já foram atraídos mais de R$ 60 bilhões.

O estado ainda tem em carteira na área de logística, empreendimentos de empresas como Usiminas e CSN, que investirão em plataformas logísticas em Itaguaí. Em Maricá, a construção de um porto demandará investimento de R$ 6 bilhões.

 



Fonte: Ascom Sedeis
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar