acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Hidrelétrica Serra do Facão entra em operação

13/07/2010 | 15h11
A Usina Hidrelétrica Serra do Facão, com potência instalada de 210MW, localizada na divisa de Goiás e Minas Gerais, entra em operação comercial hoje (13). O empreendimento, que está sob a responsabilidade da SEFAC-Serra do Facão Energia S.A., empresa formada por Furnas Centrais Elétricas S.A. (49,47%), Alcoa Alumínio S.A.(34,97%), DME Energética (10,09%) e Camargo Corrêa Energia (5,47%), levou cerca de três anos para ser construído, com investimentos de R$ 1,063 bilhão. 
 

O reservatório da Usina Hidrelétrica Serra do Facão possui área com 227 quilômetros quadrados. Abrange parcialmente áreas de cinco municípios goianos (Catalão, com 72,8%; Campo Alegre de Goiás, com 22,4%; Cristalina, com 0,6%; Davinópolis, com 0,4% e Ipameri, com 0,1%) e um de Minas Gerais (Paracatu, com 3,7%).
 

Eduardo Bueno Guimarães, diretor-presidente da SEFAC, afirma que o início da operação em testes, seguida da operação comercial da hidrelétrica, é um momento especial para todos os participantes do projeto. “Começamos a trabalhar na formação da empresa nos últimos meses de 2006 e, em menos de quatro anos, podemos constatar que tudo está dando certo. Estamos colaborando com o setor elétrico brasileiro, em regime de testes, desde o início desse mês e certamente muita gente já se beneficiou de nossa energia”, afirma.   
 

Durante a construção, o empreendimento chegou a gerar 4.800 empregos, sendo 1.600 diretos e 3.200 indiretos. A energia produzida pela Usina Hidrelétrica Serra do Facão será incorporada ao SIN-Sistema Interligado Nacional de Transmissão de Energia, distribuída para todo o território nacional e utilizada pelos consorciados, se necessário.
 

“A energia é fundamental na produção de alumínio, pois possibilita a transformação da alumina em metal. A participação da Alcoa neste consórcio é estratégica e fundamental para buscarmos a autossuficiência em nossas operações”, conta Ricardo Sayão, diretor de Energia da Alcoa.  
 

Além da Usina Serra do Facão, a Empresa participa de consórcios nas hidrelétricas de Barra Grande e Machadinho, no Sul do Brasil; e também de Estreito, em construção, na divisa do Tocantins e Maranhão. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar