Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia elétrica

Evento da Copel premia trabalhos técnicos sobre operação do setor elétrico

10/06/2021 | 11h06

A Copel realizou, entre os dias 7 e 9 de junho, o XVI EDAO - Encontro para Debates de Assuntos de Operação, principal fórum brasileiro voltado a assuntos técnicos e de gestão da operação das instalações do sistema elétrico. O evento é promovido pelo Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (CIGRE-Brasil) e pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A cada edição, uma empresa do setor é convidada a organizar o encontro e o próximo encontro ficará sob responsabilidade da ISA CTEEP.

Criado em 1991, o EDAO acontece a cada dois anos e, desta vez, foi realizado de forma virtual. A programação incluiu mais de 13 horas de apresentações de trabalhos e debates técnicos a respeito dos principais temas relacionados à operação do Setor Elétrico Brasileiro (SEB), incluindo desafios, tendências, tecnologias e melhores práticas de gestão.

Divulgação

Durante a cerimônia de abertura, o diretor geral da Copel Geração e Transmissão, Moacir Carlos Bertol, destacou a importância do evento: “Atuamos em um segmento em que o sucesso e a falha de um agente afetam positiva ou negativamente os demais. Por isso, precisamos focar no aprendizado coletivo e na melhoria contínua. Buscar construir e fortalecer relações e regras que tragam benefícios equilibrados a todos: concessionárias, órgãos reguladores, governo, fornecedores e sociedade”, diz. O diretor também participou do primeiro painel técnico do evento, que tratou de Condição Atual e Perspectivas para o Setor Elétrico.

Premiação

O comitê técnico do EDAO selecionou 38 trabalhos para apresentação este ano, agrupados em três grandes temas: Processos técnico-operacionais e de gestão da operação; Aplicações e inovações nos recursos técnicos e tecnológicos; e Desenvolvimentos aplicados aos profissionais e às equipes de operação. Os trabalhos foram avaliados pelo comitê e pelo público e, durante a cerimônia de encerramento, foram anunciados os nomes dos autores que receberam as maiores notas em cada um dos três temas: Willian Luz Grudtner, do ONS, foi premiado pelo trabalho “Acompanhamento da implantação da nova regulamentação no processo de apuração da qualidade de prestação de serviço de transmissão para FT - conversoras”; Arthur Do Carmo Mouco, também do ONS, com a apresentação do “Uso de sincrofasores para aumentar a consciência situacional na operação em tempo real; e Eid Adachi Sakai, da AQS Tecnologia, com o trabalho “Drill Hydro – uma experiência de sucesso em treinamento de operação hidráulica de reservatórios”. Cada uma receberá um tablet como prêmio pela primeira colocação.

Outro destaque do evento foi a palestra da neurocientista Carla Tieppo, que trouxe conceitos de neurociência para mostrar o papel das emoções e de como elas influenciam nosso comportamento em situações profissionais que demandam tomadas de decisão de alto impacto. Ela abordou a gestão do estresse e performance, ilustrando os mecanismos pelos quais o cérebro pode exercer um controle voluntário da atenção e a limitação de atenção diante de diversos estímulos simultâneos.

O coordenador da comissão organizadora do XVI EDAO e gerente do Centro de Operações de Geração e Transmissão da Copel, Ricardo Rodrigues de Almeida, relata que mesmo diante das restrições importas pela pandemia, todos os envolvidos trabalharam para que o evento fosse realizado de forma a proporcionar o melhor aproveitamento e a melhor experiência aos mais de 350 inscritos. “É um orgulho fazer parte dessa história. O EDAO contribuiu com minha formação e de muitos colegas. Estamos felizes em ter realizado com sucesso este evento mesmo diante de todos os desafios”, afirma.

Além de ter acesso a conteúdo de alta qualidade, os participantes do EDAO tiveram acesso a estandes virtuais das empresas patrocinadoras - Copel, CTG, ONS, Taesa, Engie, State Grid, ISA CTEEP e Cemig.



Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar