acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Estatais investiram 59,1% dos recursos orçamentários até agosto

02/10/2013 | 10h53

 

As empresas estatais federais investiram R$ 65,7 bilhões de janeiro a agosto deste ano, o equivalente a 59,1% dos R$ 111,1 bilhões de recursos orçamentários para 2013, de acordo com números do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop). Os números foram divulgados na edição de segunda-feira (30) do Diário Oficial da União.
Ainda falta a execução de 40,9% (R$ 45,4 bilhões) no ano, mas o índice é o mais alto de 2000 para cá e representa evolução de 13,4% em relação aos R$ 57,9 bilhões de investimentos em igual período do ano passado, conforme quadro demonstrativo do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento.
Os investimentos não ocorrem, porém, no mesmo nível entre as empresas do governo. Predomina a participação do grupo Petrobras, que investiu 65,4% , ou R$ 58,4 bilhões dos R$ 89,3 bilhões autorizados, equivalentes a 80,38% dos recursos orçamentários para as estatais. Houve crescimento de 12,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.
O grupo Eletrobras investiu 34,7%, ou R$ 3,55 bilhões dos R$ 10,2 bilhões orçados (+16,7% sobre 2012); as empresas do setor financeiro aplicaram 32,6%, ou R$ 1,879 bilhão dos R$ 5,759 bilhões que podem gastar (+23,8% sobre 2012); e as demais empresas estatais investiram 31%, ou R$ 1,797 bilhão dos R$ 5,807 bilhões autorizados (33,6% a mais).
O aumento, no caso das demais empresas, decorre do incremento nos investimentos direcionados à adequação e modernização aeroportuária, aquisição de equipamentos e manutenção de ativos de tecnologia da informação. A Infraero, sozinha, executou R$ 884,5 milhões no ano - quase metade de todos os investimentos do grupo das demais estatais.

As empresas estatais federais investiram R$ 65,7 bilhões de janeiro a agosto deste ano, o equivalente a 59,1% dos R$ 111,1 bilhões de recursos orçamentários para 2013, de acordo com números do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop). Os números foram divulgados na edição de segunda-feira (30) do Diário Oficial da União.


Ainda falta a execução de 40,9% (R$ 45,4 bilhões) no ano, mas o índice é o mais alto de 2000 para cá e representa evolução de 13,4% em relação aos R$ 57,9 bilhões de investimentos em igual período do ano passado, conforme quadro demonstrativo do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento.


Os investimentos não ocorrem, porém, no mesmo nível entre as empresas do governo. Predomina a participação do grupo Petrobras, que investiu 65,4% , ou R$ 58,4 bilhões dos R$ 89,3 bilhões autorizados, equivalentes a 80,38% dos recursos orçamentários para as estatais. Houve crescimento de 12,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.


O grupo Eletrobras investiu 34,7%, ou R$ 3,55 bilhões dos R$ 10,2 bilhões orçados (+16,7% sobre 2012); as empresas do setor financeiro aplicaram 32,6%, ou R$ 1,879 bilhão dos R$ 5,759 bilhões que podem gastar (+23,8% sobre 2012); e as demais empresas estatais investiram 31%, ou R$ 1,797 bilhão dos R$ 5,807 bilhões autorizados (33,6% a mais).


O aumento, no caso das demais empresas, decorre do incremento nos investimentos direcionados à adequação e modernização aeroportuária, aquisição de equipamentos e manutenção de ativos de tecnologia da informação. A Infraero, sozinha, executou R$ 884,5 milhões no ano - quase metade de todos os investimentos do grupo das demais estatais.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar