Descomissionamento

Estaleiro ECOVIX (RS) fará o descomissionamento da P-33

Redação TN Petróleo, Agência Petrobras
01/12/2023 16:01
Estaleiro ECOVIX (RS) fará o descomissionamento da P-33 Imagem: Agência Petrobras Visualizações: 305 (0) (0) (0) (0)

Foi concluído nesta terça-feira (28/11) o leilão de venda da plataforma P-33. A unidade da Bacia de Campos será a segunda a seguir o novo modelo de destinação sustentável de embarcações da Petrobras, assim como aconteceu com a P-32. A empresa vencedora foi a GERDAU S/A, em parceria com o estaleiro ECOVIX.
 
 O edital de venda, que teve como foco o mercado nacional, reafirma o compromisso da Petrobras com as melhores práticas ASG (Ambiental, Social e Governança) da indústria mundial. A reciclagem de mais essa unidade no país amplia a oportunidade do Brasil se firmar no segmento de reciclagem sustentável de embarcações como um player mundial, com consequente efeito multiplicador para a economia e a indústria nacional.
 
Em 2024, a Petrobras seguirá sua trajetória em busca de se tornar uma empresa de referência global em descomissionamento, com foco em sustentabilidade, segurança e respeito ao meio ambiente e às pessoas, reforçando o seu compromisso com a transição energética justa.
 
Após a quitação do lance vencedor, a GERDAU S/A apresentará o plano de reciclagem da plataforma, incluindo todas as etapas, do recebimento da unidade até a destinação final dos resíduos. A execução do plano será acompanhada de perto pela Petrobras, a fim de garantir o cumprimento de práticas de segurança, meio ambiente, saúde e responsabilidade social, de forma sustentável e auditável, ao longo de todo o processo.
 
O estaleiro ECOVIX possui licença de operação para a atividade de desmontagem e plano de contingência e emergência para garantir as melhores práticas de segurança do trabalho.
 
Projeto de Revitalização de Marlim e Voador
 
A plataforma P-33 é uma das dez unidades que produziam nos campos de Marlim e Voador, na Bacia de Campos, e estão sendo substituídas pelos novos FPSO Anna Nery e Anita Garibaldi, que compõem o Projeto de Revitalização dos campos. As duas novas plataformas têm capacidade de produzir, em conjunto, até 150 mil barris por dia (bpd).

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.