acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Meio Ambiente

Dia Mundial da Água: Akatu lança campanha #ClimaMuitoLoko

22/03/2016 | 12h32

Para celebrar o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, o Instituto Akatu lança a campanha #ClimaMuitoLoko, criada para explicar a conexão entre o cotidiano da vida das pessoas com as Mudanças Climáticas e o Consumo Consciente, de forma simples e didática. O combate ao Aquecimento Global exige uma mudança de atitude coletiva – que envolve governos, empresas e cidadãos – e todos precisam entender qual é o papel de cada um neste desafio.

Na estreia da campanha, o assunto retratado é a Água, recurso indispensável à vida e que tem seu ciclo ameaçado pelas Mudanças Climáticas. Com a alteração de equilíbrio do clima no planeta, serão mais frequentes eventos climáticos extremos como secas e tempestades. Entre os temas que a campanha apresentará ao longo de 2016 estão Energia e Resíduos.

Para explicar os vários temas da campanha #ClimaMuitoLoko, serão publicados GIFs nos perfis de redes sociais do Instituto Akatu e artigos especiais no portal www.akatu.org.br. Os conteúdos também serão compartilhados com as empresas apoiadoras e instituições parceiras do Akatu.

Além disso, nos materiais da campanha, serão divulgadas dicas de como uma pessoa, no seu cotidiano, poderá mudar suas atitudes de forma a diminuir o seu impacto no clima. Ao entender melhor as conexões e contextos apresentados em cada tema, as pessoas poderão reconhecer o quanto suas escolhas de consumo e suas práticas diárias são também essenciais para valorizar e cobrar mudanças de empresas e governos que sigam na mesma direção desse jeito de viver mais sustentável. “É importante que cada pessoa perceba que suas ações, ao longo do tempo, podem ter um impacto positivo sobre o clima”, diz Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu. “A ideia da campanha não é fazer com que elas se sintam ‘culpadas’ pelo Aquecimento Global, mas que percebam que podem contribuir no seu dia a dia de forma positiva para a resolução do problema.”

Para frear as Mudanças Climáticas, é preciso diminuir as emissões de gases de efeito estufa – que estão aumentando em consequência de atividades humanas como a queima de combustíveis fósseis (petróleo, carvão e derivados) e a produção em escala de alimentos. Ou seja, quando uma pessoa consome sem desperdício produtos de todos os tipos e alimentos, está colaborando na luta contra o Aquecimento Global.



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar