Evento online Firjan

Desenvolvimento de Eólicas Offshore no Brasil e a Experiência Holandesa

Redação TN Petróleo/Assessoria Firjan
27/05/2021 18:51
Visualizações: 35

Frente às metas de descarbonização mundiais, novas energias como eólicas offshore vêm ganhando mais e mais atenção. De acordo com a Rystad Energy, CAPEX e OPEX no mercado de eólicas offshore pode alcançar US$ 810 bilhões nos próximos 10 anos e a capacidade global instalada de geração de energia eólica offshore deve ultrapassar 250 GW até 2030.

Visto isso, não é por acaso que grandes empresas do mercado offshore, como as que atuam em petróleo, gás e naval, apresentam planos de intensificar seus investimentos nestas novas energias.

Para eólicas offshore, a expertise e fôlego financeiro dessas companhias - intensificados pelos seus planos de sustentabilidade - são exemplos de razões que demonstram sinergia para posicionamento no mercado de novas energias. Cinco fatores por trás das razões para o interesse das companhias de petróleo:

A experiência em projetos de petróleo e gás em águas cada vez mais distantes da costa ajuda com projetos de eólicas offshore que estão em alto mar, onde a velocidade dos ventos é menos instável;

Divulgação

O fôlego financeiro para executar projetos de longo prazo, com custo de investimento menor do que projetos de petróleo e gás;

O relacionamento já estabelecido com fornecedores em todo mundo;

Compromisso com a sustentabilidade e energias renováveis;

Já existem pesquisas que relacionam o uso da energia eólica offshore com aumento de produção de petróleo em campos próximos.

Do ponto de vista do negócio, destacam-se os desafios para aumentar o retorno do investimento e diminuir o custo da energia gerada pela turbina eólica offshore. No Brasil, já estão em discussão 40 GW em projetos ao longo da costa, dos quais cerca de 17,5% são apresentados como potenciais de serem instalados em águas fluminenses.

A Firjan avalia que o estado do Rio precisa manter essas oportunidades no radar, aproveitando as sinergias entre os mercados offshore existentes e o potencial dos projetos de eólica offshore. Além da similaridade de ambiente, as competências de mão de obra tem potencial de transitar entre as operações e as descobertas tecnológicas podem ser mutuamente benéfica.

Por isso, a Firjan inicia a Websérie Novas Energia, que tem o objetivo de discutir o desenvolvimento de novas energias que podem contribuir nos movimentos de transição energética e como o mercado offshore existente no Rio de Janeiro pode atender essas novas oportunidades.

A primeira edição, em correalização com o Consulado da Holanda, irá tratar do desenvolvimento de eólicas offshore no Brasil e da experiência holandesa. O webinar contará com a participação de Elbia Gannoum, Rafael Torres, Niels Veenis e Erick Aeck e moderação de Fernando Luiz Ruschel Montera.

Data: 1º de junho

Horário: 10h00

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.