acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Desa obtém empréstimo-ponte do BNDES para usina eólica

10/01/2014 | 10h31
Desa obtém empréstimo-ponte do BNDES para usina eólica
Stock XCHNG Stock XCHNG

 

A Desa, empresa brasileira especializada em geração de energia a partir de fontes renováveis, acaba de obter do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um empréstimo-ponte, no valor de R$ 46 milhões, destinado à construção do parque eólico Morro dos Ventos II, localizado no Rio Grande do Norte. Realizado com TJLP mais uma taxa de 2,40% ao ano, o vencimento do acordo está previsto para janeiro de 2016, mesma data de entrada em operação da usina.
A Central Geradora Eólica denominada EOL Morro dos Ventos II é um projeto orçado em R$ 128 milhões. Localizada no município potiguar de João Câmara, a usina conta com 18 unidades geradoras, totalizando 29,1 megawatts (MW) de capacidade instalada total e 15.300 kW médios de garantia física de energia. “Acreditamos que essa operação revela a solidez dos nossos empreendimentos”, afirma William Schmidt, presidente da Desa no Brasil.
A geradora está aumentando sua carteira de projetos em todas as fontes de energia. Recentemente, a Desa contratou no Leilão A-5, promovido pelo Governo Federal, o projeto usina Mata Velha, em Minas Gerais, uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) com potência de 24 MW, o suficiente para abastecer uma cidade de 60 mil habitantes. “Estamos com um portfólio diversificado que revela a nossa firme vocação sustentável”, complementa Schmidt.

A empresa brasileira especializada em geração de energia a partir de fontes renováveis, Desa, obteve do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um empréstimo-ponte, no valor de R$ 46 milhões, destinado à construção do parque eólico Morro dos Ventos II, localizado no Rio Grande do Norte. Realizado com TJLP mais uma taxa de 2,40% ao ano, o vencimento do acordo está previsto para janeiro de 2016, mesma data de entrada em operação da usina.

A Central Geradora Eólica denominada EOL Morro dos Ventos II é um projeto orçado em R$ 128 milhões. Localizada no município potiguar de João Câmara, a usina conta com 18 unidades geradoras, totalizando 29,1 megawatts (MW) de capacidade instalada total e 15.300 kW médios de garantia física de energia. “Acreditamos que essa operação revela a solidez dos nossos empreendimentos”, afirma William Schmidt, presidente da Desa no Brasil.

A geradora está aumentando sua carteira de projetos em todas as fontes de energia. Recentemente, a Desa contratou no Leilão A-5, promovido pelo Governo Federal, o projeto usina Mata Velha, em Minas Gerais, uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) com potência de 24 MW, o suficiente para abastecer uma cidade de 60 mil habitantes. “Estamos com um portfólio diversificado que revela a nossa firme vocação sustentável”, complementa Schmidt.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação com Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar