acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indicadores

Consumo de gás natural mantém crescimento em maio

03/07/2014 | 16h31

 

O consumo de gás natural cresceu 0,7% em maio de 2014. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a alta foi de 3,7%. De acordo com levantamento estatístico mensal da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), a cogeração a gás foi o destaque com aumento de 5,7% em relação ao mês anterior e de 14% em comparação a maio de 2013.
O crescimento é justificado pela maior competitividade sobre outros insumos energéticos e à alta do preço da energia elétrica. O consumo registrado alcançou média de 76 milhões de metros cúbicos por dia.
Apresentando uma retomada de crescimento desde o início do ano, o segmento industrial cresceu 0,4%, alcançando média de 29 milhões de metros cúbicos por dia, melhor resultado desde agosto de 2013. No comparativo com o mês de abril, o aumento foi de 1,7%.
Depois de dois meses seguidos de retração, o setor automotivo se recuperou em maio, com aumento de 0,8% na comparação com o mês anterior. Em relação a maio de 2013, o segmento apresentou queda de 2,9%. A geração elétrica apresentou aumento de 1,3%, na comparação com abril de 2014 e de 16,3% em relação ao mesmo período do ano passado.
 
O setor residencial apresentou redução de 2,7%, em relação a abril de 2014 e de 14,3% na comparação com maio de 2013. Em relação ao mesmo período do ano passado, o segmento comercial caiu 5%. Na comparação com o mês anterior, a redução foi de 8,6%.

O consumo de gás natural cresceu 0,7% em maio de 2014. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a alta foi de 3,7%. De acordo com levantamento estatístico mensal da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), a cogeração a gás foi o destaque com aumento de 5,7% em relação ao mês anterior e de 14% em comparação a maio de 2013.

O crescimento é justificado pela maior competitividade sobre outros insumos energéticos e à alta do preço da energia elétrica. O consumo registrado alcançou média de 76 milhões de metros cúbicos por dia.

Apresentando uma retomada de crescimento desde o início do ano, o segmento industrial cresceu 0,4%, alcançando média de 29 milhões de metros cúbicos por dia, melhor resultado desde agosto de 2013. No comparativo com o mês de abril, o aumento foi de 1,7%.

Depois de dois meses seguidos de retração, o setor automotivo se recuperou em maio, com aumento de 0,8% na comparação com o mês anterior. Em relação a maio de 2013, o segmento apresentou queda de 2,9%. A geração elétrica apresentou aumento de 1,3%, na comparação com abril de 2014 e de 16,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O setor residencial apresentou redução de 2,7%, em relação a abril de 2014 e de 14,3% na comparação com maio de 2013. Em relação ao mesmo período do ano passado, o segmento comercial caiu 5%. Na comparação com o mês anterior, a redução foi de 8,6%.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, redação com assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar