acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Investimentos

Como atrair investimentos em tempos de crise

26/04/2016 | 12h44

Até amanhã, quarta-feira (27), representantes de agências estaduais de fomento, secretarias de estado, órgãos federais e de federações das indústrias participam de um workshop em Brasília, com foco na atração de investimentos. Palestras, estudos de casos e sessões de perguntas e respostas fazem parte da programação. Em pauta, as tendências do investimento estrangeiro direto, competitividade, estratégias, atrações de empresas multinacionais, dentre outros temas.

Na abertura do evento, nesta segunda-feira (25), um dos debates foi sobre a promoção de investimentos em tempos de crise. Para o gerente de investimentos da UK Trade and Investment Agency (UKTI), Marcone Siqueira, mesmo com o cenário difícil, o Brasil é um mercado gigante e, com isso, o investimento de longo prazo pode ser uma boa mensagem para os investidores.

A agência de investimentos UKTI, do Reino Unido, atua em 27 países e tem escritórios em várias capitais brasileiras. Siqueira explica que, neste momento, o ideal é focar nas vantagens que torna o Brasil um país bom para se investir, apesar da crise.

O analista de Políticas e Indústria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Felipe Spaniol, lembra também que existem estratégias consolidadas para garantir investimentos em situações de crise. “Uma opção é procurar aqueles investidores que já estão no país, que começaram a implantação de uma fábrica, por exemplo, e garantir que esse investidor, que já estava interessado, se mantenha e amplie os investimentos”, diz.

O evento é realizado pela CNI, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Câmara de Comércio Exterior (Camex), o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e a Agência Nacional de Comércio Exterior e Investimento da Coreia do Sul (Kotra).

 

 



Fonte: Agência CNI de Notícias/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar