acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Comissão discute prorrogação de regime de tributação de exportações

18/11/2013 | 10h17

 

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio discute na terça-feira (19) a prorrogação do prazo para o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). O objetivo do reintegra é objetivo é reintegrar valores referentes a impostos pagos ao longo da cadeia produtiva e que não foram compensados.
“Em outras palavras, não se trata de um benefício tributário, mas de justiça fiscal: restituir o que foi pago indevidamente”, argumenta o deputado Renato Molling (PP-RS) que propôs o debate. O parlamentar argumenta ainda que uma das principais dificuldades para as empresas domésticas acessarem o mercado internacional está na carga tributária que eleva o custo de produção no mercado doméstico penalizando o emprego e a produção.
O parlamentar defende a prorrogação do regime, prevista para ser encerrado no nunal do ano. “O sistema de tributação pátrio é complexo, injusto e prejudica a competitividade do produto nacional em relação ao produto fabricado no exterior”, conclui.

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio discute na terça-feira (19) a prorrogação do prazo para o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). O objetivo do reintegra é objetivo é reintegrar valores referentes a impostos pagos ao longo da cadeia produtiva e que não foram compensados.

“Em outras palavras, não se trata de um benefício tributário, mas de justiça fiscal: restituir o que foi pago indevidamente”, argumenta o deputado Renato Molling (PP-RS) que propôs o debate. O parlamentar argumenta ainda que uma das principais dificuldades para as empresas domésticas acessarem o mercado internacional está na carga tributária que eleva o custo de produção no mercado doméstico penalizando o emprego e a produção.

O parlamentar defende a prorrogação do regime, prevista para ser encerrado no nunal do ano. “O sistema de tributação pátrio é complexo, injusto e prejudica a competitividade do produto nacional em relação ao produto fabricado no exterior”, conclui.

 



Fonte: Agência Câmara
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar