acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Capitalização da Petrobras contribui para derrubar Bolsa e dólar

09/09/2010 | 10h02
A anunciada capitalização da Petrobras provoca desvalorização cada vez mais acentuada nos papéis que a empresa negocia na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), em prejuízo dos acionistas minoritários. No pregão de ontem (8) as ações nominativas, com direito a voto, recuaram 4,68%, e as ações ao portador, sem voto, caíram 4,37%.
 

A queda na cotação dos papéis da Petrobras, que constitui o maior volume de negociações da Bovespa, foi a maior responsável pela redução do Ibovespa, principal indicador da Bovespa, que desvalorizou 0,51% com o pregão fechando aos 66.407 pontos. Foram negociados 420.453 contratos no valor de R$ 5,724 bilhões.
 

Além do anúncio da Petrobras, a mineradora Vale, a construtora Odebrecht, a telefônica Telemar e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também vão emitir novas ações em breve. Essas ofertas devem provocar a entrada de aproximadamente US$ 4 bilhões a mais no mercado brasileiro, a curto prazo, de acordo com avaliações de analistas financeiros.
 

Em vista dessa expectativa, a cotação da moeda norte-americana está em queda desde o início da semana passada. No pregão de hoje, o dólar recuou mais 0,11% e fechou valendo R$ 1,725, apesar de o Banco Central ter realizado dois leilões de compra à vista. Mas, a intervenção dupla produziu pouco efeito, e a cotação do dólar retornou ao menor patamar do ano, que foi de R$ 1,72 no dia 4 de janeiro.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar