acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produção

Arábia Saudita acredita que corte na produção de petróleo pode durar mais que o previsto

24/01/2018 | 09h24

O ministro de Petróleo da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, acredita que o acordo de corte na produção da commodity realizado pelos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), além de não-membros do cartel, pode passar do prazo estipulado, indo "além de 2018".

O atual prazo acordado entre os membros e não-membros do cartel é de que o corte na produção seguiria até dezembro deste ano. Em junho de 2019, está prevista uma revisão do acordo, em reunião em Viena.

Segundo o ministro saudita, que concedeu entrevista durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, a entrega dos cortes dentro do acordo da Opep é alta. Para al-Falih, "o mercado é grande o suficiente para acomodar todos os players".



Fonte: Dow Jones Newswires, 24/01/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar