acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Alta dos preços do petróleo prejudica consumidores e limita demanda, diz IEA

31/10/2018 | 09h31

Logistic Showcase

Os altos preços do petróleo estão prejudicando os consumidores e também podem ter implicações adversas para os produtores, disse o diretor-executivo da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) nesta terça-feira (30/10).

Grandes economias emergentes da Ásia, como a Índia e a Indonésia, foram fortemente atingidas neste ano pelo aumento dos preços do petróleo, que, apesar do declínio neste mês, ainda registram alta de 15 por cento desde o início de 2018.

Os custos de importação de combustível cresceram ainda mais com a queda das moedas de mercados emergentes contra o dólar, prejudicando o crescimento e mesmo incitando protestos e controles governamentais dos preços de combustível na Índia.

"Os déficits correntes de muitos países foram afetados pelos altos preços do petróleo", disse o chefe da IEA, Fatih Birol, em uma conferência sobre energia em Cingapura.

"Há duas fontes de pressão sobre o crescimento da demanda global de petróleo. Uma é a alta dos preço, e em muitos países eles são relacionados diretamente com os preços dos consumidores. A segunda é o momento do crescimento da economia global desacelerando."

O efeito dos altos preços do petróleo será agravado no Sudeste Asiático, já que a demanda está crescendo rapidamente, mas a produção está caindo, resultando na região se tornando uma importadora líquida de petróleo, gás e carvão, disse Birol.



Fonte: Reuters, 31/10/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar