Artigo

A importância da gestão de talentos 4.0, por Renata Lemos Castro

Redação TN Petróleo/Assessoria
17/11/2021 18:59
A importância da gestão de talentos 4.0, por Renata Lemos Castro Imagem: Divulgação Visualizações: 391

No momento de se candidatar para uma empresa, os profissionais de hoje querem saber se os seus propósitos estão alinhados com os da companhia. Além de buscar requisitos como possibilidades de desenvolvimento, também querem estar inseridos em projetos ambiciosos, inovadores, além de contínuo aprendizado.

As empresas também precisam estar atentas à cultura de diversidade e inclusão dos candidatos. Partindo dessas informações, fica claro que é necessário um programa moderno de gestão que atenda esta expectativa. E aí entra a gestão de talentos 4.0, que envolve técnicas para atrair, reter e desenvolver talentos, impulsionando inovações por meio da aplicação de tecnologia à boa parte das funções dos Recursos Humanos.

A gestão de talentos 4.0 está embasada em três pilares:

Tecnologia: recursos como computação em nuvem e conectividade são usados para analisar perfis comportamentais e automatizar processos de recrutamento e seleção;

Estratégia: as soluções de tecnologia começam a fazer parte do planejamento estratégico do RH da organização, garantindo tomadas de decisões mais assertivas e analíticas;

Gestão Comportamental: aqui não se olha apenas para a gestão dos colaboradores, mas também se preocupa em treinar e desenvolver habilidades, para que se tenha equipes eficientes e que saibam que fazem parte de projetos com propósito.

Portanto, usando as melhores práticas de gestão de pessoas 4.0, gestores de diferentes áreas começam a trabalhar junto à área de RH para desenvolverem estratégias mais eficientes no recrutamento e para no desenvolvimento dos colaboradores.

Ao focar nessas melhores práticas da gestão de talentos, a organização garante a satisfação de seus melhores colaboradores e consequentemente, atinge melhores resultados nas soluções desenvolvidas.

As práticas de Gestão 4.0 também ajudam nos imprevistos, como foi o caso da pandemia de COVID-19. Neste ano e em 2020, um aliado fundamental para fortalecer o comprometimento dos profissionais foram os cursos online, particularmente adequados ao contexto de trabalho inteligente e às necessidades especiais de conciliação da vida profissional e pessoal.

Na Indra, por exemplo, oferecemos um entorno de aprendizado 360º, no qual cada profissional pode estudar onde, como e quando quiser, através das ferramentas gratuitas e de livre acesso como a Udemy, que faz parte do programa Open University da Indra e, até agosto deste ano, já tivemos mais de 13 mil acessos.

Diversidade e inclusão

A diversidade e a inclusão estão no pilar comportamental da gestão 4.0 e precisam fazer parte da cultura de inovação das empresas. Com o objetivo de combater preconceitos e proporcionar um ambiente saudável para que pessoas com diferentes orientações sexuais se sintam à vontade nos ambientes de trabalho, a Indra aderiu às Normas de Conduta da ONU, reforçando seu compromisso com os direitos humanos dos públicos LGBTQI e se comprometendo a estabelecer mecanismos para vigiar seu cumprimento.

Além disso, é preciso investir também no talento feminino e criar um ambiente para o seu pleno desenvolvimento e equidade. No Brasil, 43,91% do quadro de colaboradores da Indra são mulheres.

Ainda falando de inclusão, a força de trabalho das pessoas 50+ também precisa ser lembrada. A expectativa para o Brasil de 2050 é que 30% da população tenha mais de 60 anos. Sendo assim, o trabalho também vai acompanhar essa faixa etária. Então é preciso pensar em programas para pessoas 50+ para que continuem contribuindo com sua experiência profissional e de vida dentro das equipes das empresas.

A gestão 4.0 de talentos está alinhada com o mundo atual. As novas gerações, incluindo mulheres, LGBTQIA+ e profissionais acima de 50 anos, podem impulsionar a mudança cultural, a transformação digital e o desenvolvimento de novas soluções e serviços.

A Gestão 4.0 oferece suporte aos colaboradores em formação, desenvolvimento de carreira e a realização de todas as pessoas em fazer parte de projetos que impactam a sociedade em inovação e com sustentabilidade.

Sobre a autora: Renata Lemos Castro é diretora de Recursos Humanos da Indra no Brasil

Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.