Startups brasileiras são premiadas em competição de Inovação e Empreendedorismo de Macau, na China

17/10/2022 13:47

Visualizações: 8457

Foram 14 empresas participantes, sendo sete ligadas ao SUPERA Parque de Inovação e Tecnologia; evento é oportunidade para trocar ideias, apresentar projetos e buscar investimentos no mercado chinês.

As startups brasileiras Yosen e ByMyCel, ambas residentes no SUPERA Parque, de Ribeirão Preto, conquistaram prêmios no "Concurso de Inovação e Empreendedorismo para Empresas de Tecnologia do Brasil e Portugal 2022", realizado em Macau (China), no dia 29 de setembro. A Yosen ficou em terceiro lugar da competição e a ByMyCell recebeu o prêmio de empresa com maior potencial de desenvolvimento no mercado chinês.

O objetivo do evento é gerar oportunidades de desenvolvimento, na Ásia, para empresas de tecnologia brasileiras e portuguesas. Além de prêmios e certificados, os cinco projetos finalistas no concurso terão a chance de se conectarem às instituições financeiras e incubadoras da área.    

“São excelentes oportunidades para as empresas tecnológicas e inovadoras dos países de língua portuguesa mostrarem suas soluções e força para os expositores e investidores da China e de todo o mundo”, destaca Eduardo Cicconi, gerente do SUPERA Parque.

Macau é o elo entre a China e os países de língua portuguesa, promovendo o desenvolvimento conjunto de tecnologia e inovação para indústrias, de forma benéfica e cooperativa.

Selecionadas

As startups participantes da competição foram recomendadas por entidades de apoio designadas, como incubadoras e instituições de ensino superior no Brasil e em Portugal. Elas foram selecionadas pela comissão julgadora composta por investidores profissionais, acadêmicos, dirigentes de instituições financeiras e representantes das incubadoras.  

Ao todo, 14 empresas participaram do evento, sendo 10 empresas brasileiras e 4 portuguesas. Do SUPERA Parque, que tem sede em Ribeirão Preto - SP, participaram as empresas Biopolix, By My Cell, In Situ, Kimera Biotecnologia, Nanosens, VETRA e Yosen.

“Os eventos foram apoiados pelo International Office do SUPERA, que trabalhou em conjunto com os organizadores para apoiar e preparar as demandas das empresas brasileiras”, destaca Henrique Reis, responsável pelo escritório do  parque tecnológico que presta assessoria internacional às suas empresas.

Para participar, os interessados precisavam se enquadrar nas áreas tecnológicas de Saúde e "Big Health", novo material, nova energia e proteção do ambiente. Além de ter a intenção de estabelecer pontos de apoio e de se desenvolver na região de Macau.

BEYOND Metaverse

Simultaneamente ao Concurso de Inovação, aconteceu a BEYOND EXPO - maior exposição de inovação tecnológica de Macau. Neste ano, a exposição foi realizada no metaverso até o dia 27 de setembro. A única participante do Pavilhão  representando o Brasil foi a Decoy Smart Control, startup brasileira de biotecnologia, também residente no Supera Parque, focada na pesquisa de produtos para o controle de pragas.

“É o primeiro evento que o SUPERA participa nesse formato virtual, algo que no Brasil ainda não tem sido muito forte. Estamos acompanhando as novas tendências”, destaca Reis.

Os participantes tiveram a oportunidade de se apresentar a investidores proeminentes e ao público que acompanhou o evento de forma on-line. Também foi a oportunidade de expor suas soluções durante o período gratuitamente.

Sobre o International Office do SUPERA

Vinculado ao SUPERA Parque, o escritório internacional é o departamento responsável pelas atividades que envolvem o cenário internacional, seja para empresas associadas ao Parque Tecnológico que desejam expandir suas atividades para o exterior quanto para empresas estrangeiras que querem expandir sua atuação para o Brasil.

O projeto  auxilia as empresas no processo de internacionalização com orientação, estratégia de negócios, networking (conectando com outras instituições) e adaptação a diferenças culturais.

 

Sobre o SUPERA PARQUE

O SUPERA Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, gerido pela Fipase, é resultado de uma parceria entre a Universidade de São Paulo (USP), Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no Campus da USP local, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios.

Ao todo, são 86 empresas instaladas no Parque, sendo: 57 delas no Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; e 22 empreendimentos no Centro de Negócios. O Parque Tecnológico está em expansão com a urbanização de lotes para instalação de empresas e a implantação do Container Park, um novo complexo empresarial. Outras informações sobre o Parque estão disponíveis no site superaparque.com.br

Fonte: Redação TN com SUPERA PARQUE

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.