Será o fim do TikTok?

02/03/2023 11:53

(1) (2) (1) (0) Visualizações: 11414

 

Em fevereiro último, alegando preocupação com a segurança cibernética, o Parlamento Europeu, a Comissão Europeia e o Conselho da UE, tomaram medidas proibitivas em relação ao uso do aplicativo chinês em seus dispositivos de trabalho. Os funcionários serão obrigados a remover o aplicativo TikTok de seus telefones e dispositivos corporativos. 

No final do ano passado os EU já haviam tomado essa medida para todos os dispositivos do governo federal, justamente pelas preocupações de espionagem. E o Canadá no último, 27 de fevereiro, seguiu pelo mesmo caminho, citando preocupação com a privacidade e segurança de informações por parte do goveno.

No caso das instituições europeias, há também a recomendação de desintalar o aplicativo dos dispositivos pessoais para quem possua aplicativos oficiais instalados nesses dispositivos. 

Nos Estados Unidos, a proibição se aplica apenas a dispositivos do governo, mas já há quem defenda uma proibição total.

 

O TikTok é igual a outras redes sociais

A empresa chinesa ByteDance, proprietária do TikTok, alega que esse tipo de atitude por parte dos governos é um equivoco e representa um exagero, pois, segundo eles, os dados dos seus usuários estão muito bem protegidos, não sendo o TikTok, em questões de segurança, diferente de nenhuma outra rede social.

Em resposta a essas questões, Aruna Sharma, Global Head of Privacy & Regulatory Affairs, publicou recentemente nas páginas da empresa, que  continuam a fortalecer os esforços de soberania de dados por meio do estabelecimento de uma entidade chamada TikTok US Data Security (USDS), projetada para supervisionar todos os aspectos da plataforma U.S. TikTok relacionados a dados e conteúdo. Além disso, segundo ele, foram compartilhados mais detalhes sobre a abordagem do TikTok para proteger os dados dos usuários europeus e minimizar ainda mais as transferências de dados fora da região. Isso inclui  intenção anunciada anteriormente de criar um data center em Dublin para armazenar dados do Reino Unido e da EEA em 2023.

 

Reação em cadeia

Esse tipo de medida, pode gerar, sim uma reação em cadeia e ir além de governos, chegando nas famílias e sociedade. Apesar de seus três bilhões de downloads, segundo dados da empresa Sensor Tower, o aplicativo vem sofrendo críticas pelos possíveis danos psicológicos causados, principalmente em crianças e adolescentes. 

Segundo o neurocientista Fabiano de Abreu, esse sistema de uso excessivo de redes sociais é extremamente prejudicial ao cérebro e pode prejudicar permanentemente funções importantes como foco e concentração. "Essa fadiga mental impede que nosso cérebro consiga concluir tarefas, como ler um livro, estudar, limpar a casa, cozinhar, etc., sempre substituindo-as por outras atividades antes da sua conclusão total, isso porque o cérebro está acostumado a substituir estímulos por outros mais fortes em apenas um deslizar de dedos e isso acaba afetando a realidade, reduzindo bastante as capacidades do cérebro" Alerta.

 

Novos recursos para adolescentes e famílias no TikTok

Em resposta às críticas sobre o uso excessivo e possiveis danos aos jovens e adelescentes, Cormac Keenan, Head of Trust and Safety do TikTok, anunciou nesta quarta feira, dia 1 de marçonovos recursos para adolescentes, famílias e  comunidade em geral. Segundo ele a ferramenta está sendo aprimorada no quesito tempo de tela com mais opções personalizadas, introduzindo novas configurações padrão para contas de adolescentes e expandindo o emparelhamento familiar com mais controles dos pais.

 

Mudanças para ajudar os adolescentes a gerenciar seu tempo no TikTok

Nas próximas semanas, todas as contas pertencentes a um usuário com menos de 18 anos serão automaticamente definidas para um limite diário de tela de 60 minutos. Embora não haja uma posição endossada coletivamente sobre a quantidade 'certa' de tempo de tela ou mesmo o impacto do tempo de tela de forma mais ampla, consultamos a pesquisa acadêmica atual e especialistas do Laboratório de Bem-Estar Digital do Hospital Infantil de Boston para escolher esse limite. Se o limite de 60 minutos for atingido, os adolescentes serão solicitados a inserir uma senha para continuar assistindo, exigindo que tomem uma decisão ativa para estender esse tempo. Para pessoas em nossa experiência com menos de 13 anos, o limite diário de tempo de tela também será definido para 60 minutos, e um dos pais ou responsável precisará definir ou inserir uma senha existente para habilitar 30 minutos de tempo de exibição adicional.

 

Estatísticas gerais do TikTok

  • Usuários ativos: o TikTok tem 1 bilhão de usuários ativos mensais.
  • Penetração no mercado: são 4,8 bilhões de usuários de internet em todo o mundo; 20,83% usam o serviço de compartilhamento de vídeos da Bytedance.
  • Número de downloads: o TikTok foi baixado 3 bilhões de vezes ( foi o primeiro aplicativo não Meta a atingir esse número) e foi o aplicativo não relacionado a jogos mais baixado nos primeiros 6 meses de 2021, atingindo 383 milhões de instalações apenas entre janeiro e junho de 2021.

Para ver mais dados sobre o aplicativo, acesse aqui e aqui

Fonte: Redação TN com diversas fontes

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.