Ser bom é ponto de partida, mas não é suficiente para se destacar no mercado: entenda reflexão de um dos maiores nomes da advocacia no Brasil

13/01/2023 14:39

(0) (0) (0) (0) Visualizações: 9199

Muita gente nasce com talentos. Facilidade de executar certas atividades ou até com o que chamam de dons. No entanto, para o advogado Sergio Vieira, que também é sócio da Nelson Wilians Advogados, só o talento não é o suficiente para se manter em destaque no mercado.

"A disciplina engole o talento no café da manhã. O talento não é o ponto de chegada, mas sim o ponto de partida. É o que faz você se destacar, mas não é o que mantém seus serviços, seu emprego, seus clientes", pontuou.

Segundo Sérgio, o que difere um profissional talentoso de um disciplinado é que uma das duas características é essencial, a outra nem tanto.

"Além de ser bom, o profissional precisa ser disciplinado. Fazer o que foi acordado, cumprir com os prazos e acordos e sempre tentar melhorar, não importando a quanto tempo está no mercado ou exercendo aquela função", explicou.

Por fim, o advogado disse que "quando você sai de casa motivado e disciplinado, os resultados são excelentes. Mas, não saímos todos os dias de casa motivados. Então, não podemos abrir mão da disciplina", finalizou.

 

Sobre Sérgio Vieira

Sergio Vieira é advogado, possui MBA em Gestão e Negócios, e é sócio-diretor do escritório Nelson Wilians Advogados, o maior escritório de Direito da América Latina.

 

 

Fonte: Redação TN com assessoria

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

20