Comunidade acadêmica participa de palestra sobre acessibilização para pessoas com deficiência sensorial

17/03/2023 11:30

Visualizações: 7058

O segundo ciclo de palestras do Programa de Desenvolvimento de Gestores (PDG) da Universidade Federal do Ceará teve continuidade, na tarde dessa quarta-feira (15), no auditório da Reitoria, com a palestra “O papel da universidade na acessibilização para pessoas com deficiência sensorial”. O evento foi organizado pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) e contou com o apoio da Secretaria de Acessibilidade UFC Inclui.

A palestra teve tradução simultânea de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e foi transmitida ao vivo pela Internet para os campi da UFC no Interior. 

Em vídeo gravado especialmente para a ocasião, o reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, elogiou a iniciativa do PDG e se dirigiu ao público presente, abordando a complexidade da gestão da Universidade, que, segundo ele, requer conhecimento, planejamento e eficiência. 

“Qualificar os nossos servidores docentes e técnico-administrativos para a área da gestão é fundamental. Nesse segundo ciclo de palestras, o que se quer é isso: preparar a nossa comunidade para que ela possa bem desenvolver a sua atividade administrativa”, pontuou o reitor.

A pró-reitora-adjunta de Gestão de Pessoas da UFC, Telma Araújo, reforçou o empenho da PROGEP em promover a atividade, que integra as ações previstas no Eixo Pessoas (Servidores) do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2023-2027 da Universidade. “Hoje iremos refletir sobre um tema relevante do dia a dia de todos nós que fazemos a comunidade universitária, e também nós que somos parte desse processo como sociedade. Em nome da PROGEP, reitero o nosso compromisso no estímulo ao desenvolvimento de competências nas áreas de equidade, diversidade e inclusão”, afirmou.

Veja outras imagens do evento no Flickr da UFC

Em seguida, foi a vez da coordenadora do Clube de Libras da UFC, Karen Clark, falar sobre o Núcleo de Ações voltadas à Inclusão da Pessoa Surda (NAIPS), vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PREX), e o rol de projetos em andamento para difundir a LIBRAS e a cultura da comunidade surda. 

“Quem se preocupa em incluir, quem procura dar oportunidades iguais a todos é uma pessoa mais feliz. A gente se transporta um pouco dos nossos problemas e das nossas situações para tentar olhar o próximo, principalmente o próximo que enfrenta tantas barreiras. Quanto menos barreiras essas pessoas enfrentarem, vai ser melhor para nós, como sociedade, porque elas vão desenvolver os potenciais delas”, pontuou.

Segundo a diretora da Secretaria de Acessibilidade UFC Inclui, Profª Fernanda Cláudia Araújo da Silva, mediadora da palestra, a acessibilidade é um aspecto intrínseco ao trabalho do servidor público, por conta de determinações legais e constitucionais do ordenamento jurídico brasileiro. “Essa proposta de trazer a questão da acessibilidade para os gestores e os servidores da UFC é uma responsabilidade de todos, de forma que a Secretaria de Acessibilidade vai estar sempre trabalhando em parceria com as outras unidades”, resumiu. 

A palestrante, Profª Vera Lúcia Santiago, docente do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual do Ceará (UECE), tem desenvolvido pesquisas na área de legendagem e audiodescrição com o propósito de tornar acessíveis  conteúdos a pessoas com deficiência sensorial. Ao fazer uso da palavra, ela compartilhou com a plateia exemplos de aplicação prática desses conhecimentos na produção de cinema, de dança e de exposições de artes visuais e fotografia adequados em termos de acessibilidade e tecnologias assistivas.  

“São tantos impactos que você tem quando começa a trabalhar nessa área, e quando você começa a conhecer a cultura dos surdos e das pessoas com deficiência visual. São questões que ultrapassam você tapar os ouvidos e fingir que é surdo, ou colocar uma venda e fingir que é cego. É muito mais do que isso, e 23 anos de pesquisa me ensinaram bastante”, concluiu.  

Fonte: Redação TN com Divisão de Formação Profissional da PROGEP – e-mail: difop@ufc.br

Comunidade acadêmica participa de palestra sobre acessibilização para pessoas com deficiência sensorial (Foto: Viktor Braga/UFC Informa)

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.