A utilização de inteligência artificial e o impacto no futuro do trabalho, por Felipe Frosi*

25/10/2023 17:33

(0) (0) (0) (0) Visualizações: 5921

Em novembro de 2022, o lançamento do ChatGPT, chatbot online de inteligência artificial (IA) pela Open IA sacudiu o mercado e gerou debates sobre o futuro do trabalho. O impacto que a utilização de ferramentas tecnológicas terá nos próximos anos no trabalho e nos negócios ainda é incerto. Diversas estimativas publicadas por consultorias especializadas em RH e bancos mostram que a utilização de inteligência artificial poderá impactar 300 milhões de trabalhadores ao redor do mundo, já que a nova tecnologia tem se mostrado uma ferramenta promissora e disruptiva, sendo cada vez mais presente em nossas vidas.

 

Segundo o relatório Future of Jobs, divulgado no Fórum Econômico Mundial, a utilização de IA deve gerar 2 milhões de novas vagas de emprego nos próximos 5 anos e 75% das empresas pesquisadas devem adotar a tecnologia. Outra publicação do banco Goldman Sachs aponta que a Inteligência Artificial poderá impactar cerca de 300 milhões de trabalhadores em tempo integral. Ainda de acordo com a publicação, 46% das tarefas administrativas poderão ser automatizadas.

 

A grande velocidade de transformação está fomentando debates, dúvidas e incertezas dos trabalhadores. Entretanto, ainda não é possível dimensionar o alcance e as áreas que serão mais atingidas pelo uso de Inteligência Artificial dentro das corporações. Em agosto, o Ecossistema Ânima realizou a 6ª edição do Tech Week, evento de tecnologia e inovação que contou com a participação de 30 mil pessoas e representantes de Big Techs, como Oracle, IBM e Microsoft. O consenso entre os participantes é que profissionais deverão desenvolver competências tecnológicas para que saibam lidar com as transformações e o uso de novas ferramentas no cotidiano do trabalho.

 

As empresas também devem estar preparadas para o que virá, capacitando seus colaboradores para o uso de IA. Programas de treinamento e atualização profissional podem habilitar os trabalhadores para enfrentar os desafios da automação e aproveitar as oportunidades que a tecnologia oferece. Especialistas afirmam que em vez de substituir trabalhadores, a Inteligência Artificial pode ser recurso útil para melhorar a eficiência e a precisão em diversos setores. Médicos podem fazer da ferramenta um auxílio precioso para a conclusão de diagnósticos, advogados podem se usar IA para abastecer suas pesquisas jurídicas, entre outras inúmeras possibilidades em todas as áreas.

 

A introdução de novas tecnologias sempre foi peça fundamental para o desenvolvimento do trabalho e da sociedade como um todo. A colaboração entre humanos e soluções tecnológicas deve potencializar a eficiência e a qualidade do trabalho em diversos setores. O bom desempenho para o sucesso no futuro do trabalho será a capacidade de adaptação e aprendizado contínuo, garantindo que os profissionais estejam preparados para enfrentar as mudanças que a IA traz consigo.

 

*Felipe Frosi é Gestor Acadêmico da Área de TI & Computação do Ecossistema Ânima e Professor da área de TI na UniRitter. 

Fonte: Redação TN com assessoria

 

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

20