acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

ABB fornece US$ 16 milhões em equipamentos para automação e proteção de subestações no Rio

24/02/2011 | 11h33
A ABB, grupo líder em tecnologias de potência e automação, recebeu um pedido de US$ 16 milhões para atualizar os sistemas de automação e proteção em 25 subestações da empresa distribuidora de energia Light SA, que atende parte do estado do Rio de Janeiro. O projeto se enquadra no extenso programa de modernização, que está sendo conduzido pela concessionária para melhorar a confiabilidade da malha como parte dos preparativos para a Copa do Mundo de Futebol 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016.


“A modernização vai ajudar a melhorar a confiabilidade no fornecimento de energia e estabilidade da rede na região metropolitana do Rio de Janeiro”, diz Jens Birgersson, responsável pelo Gerenciamento de Rede da ABB dentro da divisão de Sistemas de Potência da empresa. “O sistema também permitirá o monitoramento e o controle remoto das subestações trazendo eficiência e economia de custos para o consumidor”.


Os sistemas de automação de subestação que serão fornecidos pela ABB compreendem uma linha de equipamentos de controle e proteção nas subestações. As instalações incluirão mais de 1250 relés da família RELION® de dispositivos eletrônicos inteligentes (sigla em inglês IEDs), relés modulares da série COMBIFLEX® e um sistema de supervisão MicroSCADA Pro. O término do projeto está previsto para 2013.


Os dispositivos de proteção, controle, medições e supervisão da ABB estão totalmente de acordo com a norma internacional para automação de subestações, IEC 61850. Essa norma garante total interoperabilidade entre os dispositivos de automação de subestação, independentemente do fabricante e em conjunto com o design modular dos produtos ABB, oferece total flexibilidade para futuras extensões à infraestrutura existente.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar