acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

YPF anuncia cinco descobertas de gás e petróleo em San Jorge

30/08/2012 | 14h09

 

O presidente da estatal petroleira argentina YPF, Miguel Galuccio, anunciou nesta quinta-feira (30) cinco novas descobertas em gás e petróleo não convencional na área do golfo de San Jorge, na Patagônia argentina.
O campo, chamado D-129, é o primeiro fora da área de Vaca Muerta. As companhias Exxon e Apache são parceiras em duas das perfurações.
O anúncio foi dado no início da entrevista coletiva concedida pelo executivo nesta quinta, a primeira em cinco anos promovida pela YPF, que foi encampada pelo estado em abril.
Galuccio afirmou que 51% das reservas de petróleo e 57% das reservas de gás são de caráter não convencionais.
De acordo com o executivo, a empresa deve aumentar a produção de gás de 23 milhões de metros cúbicos por dia para 34 milhões de metros cúbicos por dia entre 2012 e 2013.
Investimento
A YPF planeja um investimento de US$ 6,5 bilhões na área de gás natural nos próximos cinco anos para a elevação da produção, com a perfuração de 1.160 poços.
Para isso, Galuccio está negociando com o governo o aumento da remuneração pelo produto. Atualmente, o gás é remunerado por um preço que oscila entre US$ 4 e US$ 7 por milhão de BTU, dentro de um plano conhecido como Gás Plus. Segundo o executivo, o aumento é essencial para sustentar o plano de investimentos.
De acordo com Galuccio, a meta é elevar a produção em 23%, passando de 35 milhões de metros cúbicos para 44 milhões de metros cúbicos por dia.

O presidente da estatal petroleira argentina YPF, Miguel Galuccio, anunciou nesta quinta-feira (30) cinco novas descobertas em gás e petróleo não convencional na área do golfo de San Jorge, na Patagônia argentina.


O campo, chamado D-129, é o primeiro fora da área de Vaca Muerta. As companhias Exxon e Apache são parceiras em duas das perfurações.


O anúncio foi dado no início da entrevista coletiva concedida pelo executivo nesta quinta, a primeira em cinco anos promovida pela YPF, que foi encampada pelo estado em abril.


Galuccio afirmou que 51% das reservas de petróleo e 57% das reservas de gás são de caráter não convencionais.


De acordo com o executivo, a empresa deve aumentar a produção de gás de 23 milhões de metros cúbicos por dia para 34 milhões de metros cúbicos por dia entre 2012 e 2013.



Investimento


A YPF planeja um investimento de US$ 6,5 bilhões na área de gás natural nos próximos cinco anos para a elevação da produção, com a perfuração de 1.160 poços.


Para isso, Galuccio está negociando com o governo o aumento da remuneração pelo produto. Atualmente, o gás é remunerado por um preço que oscila entre US$ 4 e US$ 7 por milhão de BTU, dentro de um plano conhecido como Gás Plus. Segundo o executivo, o aumento é essencial para sustentar o plano de investimentos.


De acordo com Galuccio, a meta é elevar a produção em 23%, passando de 35 milhões de metros cúbicos para 44 milhões de metros cúbicos por dia.

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar