acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Transportes

Uso de etanol para reduzir emissões no setor de transportes é defendido por especialistas

18/12/2018 | 18h19

O desenvolvimento e maior uso de energias limpas foi amplamente discutido durante a 24ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP24), em Katowice (Polônia). Na ocasião, entidades do setor de biocombustíveis destacaram que a mistura do etanol à gasolina em 10% (E10) deve ser incentivada para contribuir na redução das emissões de carbono no setor de transportes.

O apelo vai em linha com as informações do Relatório Especial das Nações Unidas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), documento divulgado em novembro de 2018, que destaca a necessidade de triplicar o uso de biocombustíveis no segmento de transportes até 2030, com o objetivo de limitar o aumento da temperatura média do planeta em 1,5ºC . O documento prevê, que os países membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), devam tornar compulsória a adição de pelo menos 10% de etanol à gasolina até o final de 2019. Os negociadores em Katowice encontraram evidências de que o setor de transportes está drasticamente atrasado.

"O etanol não trouxe apenas redução de emissões nos transportes no Brasil, quando comparado a outros países, mas também trouxe independência econômica e desenvolvimento rural", declara Elizabeth Farina, presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).

O E10 e misturas mais elevadas do biocombustível podem ser lançadas globalmente até 2030 para que os países alcancem suas metas e cheguem mais próximo ao objetivo climático, de aquecimento em até 1,5ºC. Enquanto países mais desenvolvidos discutem de forma desnecessária a indústria do petróleo, estão deixando de produzir bilhões de litros de etanol. Brasil, Europa e Estados Unidos podem fornecer volumes necessários para implementação rápida e completa do E10 nos países da OCDE.



Fonte: Redação/Datagro
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar