acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

UE quer fortalecer parceria com Brasil em biocombustíveis

30/09/2009 | 13h37
As relações entre a União Europeia (UE) e o Brasil se centrarão na questão dos biocombustíveis, no âmbito da parceria estratégica já existente, revelou nesta quarta-feira a comissária europeia para as Relações Externas, Benita Ferrero-Waldner.


"Temos uma parceria estratégica especial com o Brasil", disse a comissária, em entrevista. O governo brasileiro, afirmou, demonstrou "interesse especial nos biocombustíveis".


Ferrero-Waldner lembrou a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Bruxelas, em julho de 2007, para participar de um debate sobre biocombustíveis.


A Comissão Europeia (órgão Executivo da UE) apresentou nesta quarta uma "nova visão" para as relações entre o bloco europeu e a América Latina que define metas para os próximos anos.


O organismo propõe a criação da "Facilidade de Investimento para a América Latina (Fial)", um mecanismo que "terá um efeito de alavanca na mobilização de recursos de instituições financeiras", de acordo com uma nota de imprensa.


Os recursos em questão deverão ser usados "para financiar projetos em matéria de infraestruturas energéticas, incluindo a eficiência energética e os sistemas que utilizam fontes de energia renováveis, transportes, ambiente e coesão social".


Fortalecer as relações bilaterais é um dos objetivos estabelecidos, especificamente através das parcerias já existentes com Brasil e México.


A Comissão Europeia também quer reforçar a integração regional, e um dos caminhos para isso seria continuar as negociações em curso com a América Central, com os países da Comunidade Andina de Nações (CAN) e com o Mercosul.


A UE quer ainda ajustar e adaptar os programas de cooperação.


Fonte: Agência Lusa
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar