acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Títulos da OGX sobem com expectativa pelo início da produção

16/01/2012 | 10h29
O custo de captação da OGX Petróleo & Gás Participações SA caiu para o menor nível em cinco meses. A empresa fundada pelo bilionário Eike Batista está perto de começar a extrair petróleo da Bacia de Campos, a mais produtiva do país.

O rendimento dos papéis da OGX remunerados em dólar e com vencimento em 2018 caiu 339 pontos-base, ou 3,39 pontos percentuais, desde 4 de outubro, quando atingiu um recorde, para 8,34% em 13 de janeiro, o menor nível desde 5 de agosto. No mesmo período, o spread em relação à taxa média de petrolíferas de mercados emergentes caiu de 565 pontos-base para 313, segundo dados compilados pela "Bloomberg".

Os investidores estão apostando que Eike vai conseguir cumprir a promessa de produzir petróleo, quatro anos após ter criado um grupo de energia, mineração e logística. O empresário pega carona no “boom” da exploração dos recursos naturais no Brasil e na disparada dos preços do petróleo e das commodities, estimulado pela demanda chinesa.

O começo da produção no campo Waimea, no litoral do Rio de Janeiro, vai encerrar um período de sete meses de atrasos, depois que a empresa levou mais tempo do que o esperado para receber uma plataforma de produção e para receber autorizações do governo.

“Eles estão chegando cada vez mais perto, tudo parece estar no rumo certo para a produção de petróleo”, disse Siddharth Dahiya, analista de crédito baseado em Londres da Aberdeen Asset Management. “Se eles não se endividarem mais, vão ficar em uma posição muito confortável”.


Fonte: Bloomberg
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar