acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Shell é premiada com honra máxima pela Platts Global Energy e Total Energy USA

05/12/2012 | 16h05

 

A Shell adicionou a seus recordes de honra em inovação energética três novas premiações, incluindo o de Companhia do Ano pela Platts Energia, concedido a empresas com excelência na execução de estratégias energéticas. Os outros prêmios, para o projeto Prelude de Gás Natural Liquefeito (FLNG), incluem o Prêmio Platts de Excelência em Gás Natural, que reconhece as empresas que apresentaram performance superior no setor de forma inovadora, e o Total Energy USA, que visa estimular e reconhecer novos e criativos produtos, serviços e modelos de negócios de energia. 
"O projeto Prelude FLNG da Shell irá produzir gás natural de campos submarinos, em separado, processar, armazenar e descarregar gás liquefeito natural no mar. Isso irá criar um conceito totalmente novo para abrir novas oportunidades para a Shell e para nossos parceiros para atender à crescente demanda mundial por gás natural", disse Marvin Odum, diretor de Upstream para as Américas da Shell.
A maior facilidade de produção offshore flutuante do mundo, a Prelude FLNG terá 74 metros de largura e 488 metros de comprimento, o que equivale a mais de quatro campos de futebol, de ponta a ponta. Totalmente equipada com tanques de armazenamento, foi projetada para permanecer na estação durante condições meteorológicas severas, incluindo um ciclone da categoria cinco. Serão necessárias mais de 260 mil toneladas de aço para sua construção. A Shell está usando suas várias décadas de experiência para trabalhar com os empreiteiros para construir este projeto inovador. Os tanques da Prelude FLNG irão armazenar até 220.000 m3 de GNL, 90.000 m3 de GLP e 126 mil m3 de condensado. Poderia produzir GNL suficiente para atender o consumo anual de gás natural de Hong Kong, ou 5% da necessidade de gás natural do Reino Unido.
Matthias Bichsel, diretor de Projetos e Tecnologia da companhia anglo-holandesa, declarou: "Prelude é um exemplo da capacidade da Shell de oferecer soluções inovadoras para enfrentar o desafio da energia, o que continua a nos diferenciar dos nossos concorrentes. Estamos muito satisfeitos em ser reconhecidos como um líder, e ansiosos para progredir com nosso compromisso para o desenvolvimento de novas e melhores formas de acessar e desenvolver energia".

A Shell recebeu o prêmio de Companhia do Ano pela Platts Energia, concedido a empresas com excelência na execução de estratégias energéticas. Os outros prêmios, para o projeto Prelude de Gás Natural Liquefeito (FLNG), incluem o Prêmio Platts de Excelência em Gás Natural, que reconhece as empresas que apresentaram performance superior no setor de forma inovadora, e o Total Energy USA, que visa estimular e reconhecer novos e criativos produtos, serviços e modelos de negócios de energia. 


"O projeto Prelude FLNG da Shell irá produzir gás natural de campos submarinos, em separado, processar, armazenar e descarregar gás liquefeito natural no mar. Isso irá criar um conceito totalmente novo para abrir novas oportunidades para a Shell e para nossos parceiros para atender à crescente demanda mundial por gás natural", disse Marvin Odum, diretor de Upstream para as Américas da Shell.


A maior facilidade de produção offshore flutuante do mundo, a Prelude FLNG terá 74 metros de largura e 488 metros de comprimento, o que equivale a mais de quatro campos de futebol, de ponta a ponta. Totalmente equipada com tanques de armazenamento, foi projetada para permanecer na estação durante condições meteorológicas severas, incluindo um ciclone da categoria cinco. Serão necessárias mais de 260 mil toneladas de aço para sua construção. A Shell está usando suas várias décadas de experiência para trabalhar com os empreiteiros para construir este projeto inovador. Os tanques da Prelude FLNG irão armazenar até 220.000 m3 de GNL, 90.000 m3 de GLP e 126 mil m3 de condensado. Poderia produzir GNL suficiente para atender o consumo anual de gás natural de Hong Kong, ou 5% da necessidade de gás natural do Reino Unido.


Matthias Bichsel, diretor de Projetos e Tecnologia da companhia anglo-holandesa, declarou: "Prelude é um exemplo da capacidade da Shell de oferecer soluções inovadoras para enfrentar o desafio da energia, o que continua a nos diferenciar dos nossos concorrentes. Estamos muito satisfeitos em ser reconhecidos como um líder, e ansiosos para progredir com nosso compromisso para o desenvolvimento de novas e melhores formas de acessar e desenvolver energia".

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar