acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

São Paulo recebe encontro internacional sobre parques tecnológicos

10/09/2010 | 09h57
A Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo, em parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e com a Associazione Parchi Scientifici e Tecnologici Italiani (Apsti), promove na próxima terça-feira (14), o Seminário Paulista de Parques Tecnológicos. O evento será realizado no Auditório do IPT (prédio 39), na Cidade Universitária, e terá como objetivo debater o uso de novas tecnologias e estimular a troca de experiências entre os modelos implantados nos parques tecnológicos do Brasil e da Itália.

 

A abertura do seminário contará com as presenças do secretário de Desenvolvimento, Luciano Almeida, e do diretor-presidente do IPT, João Fernando Gomes de Oliveira. Durante o encontro haverá apresentações de Guilherme Ary Plonski (presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores - Anprotec) e Dante Martinelli (coordenador de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Desenvolvimento), além de uma palestra internacional com Alessandro Giari (presidente da Associazione Parchi Scientifici e Tecnologici Italiani - Apsti).

 

Apsti

A Associazione Parchi Scientifici e Tecnologici Italiani - Apsti é composta por 31 parques tecnológicos distribuídos por quase todas as regiões da Itália. A rede italiana visa a estimular o desenvolvimento econômico nacional por intermédio da inovação tecnológica, assegurando um alto nível de competitividade entre os empreendimentos. Além disso, tem como foco facilitar o desenvolvimento de novas empresas de alta tecnologia por meio de um sistema integrado de incubação.

 

Sobre o SPTec

Em todo o Estado de São Paulo, existem 32 iniciativas para implantação de parques tecnológicos. Desse total, 17 já estão com credenciamento provisório no SPTec: Barretos, Botucatu, Campinas (duas iniciativas: Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp e CPqD), Ilha Solteira, Mackenzie-Tamboré, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Carlos (duas iniciativas: ParqTec e EcoTecnológico), São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (duas iniciativas: Jaguaré e Zona Leste) e Sorocaba.

 

O governo do Estado de São Paulo criou o Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) para dar apoio e suporte aos parques tecnológicos, com o objetivo de atrair investimentos e gerar novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica. Parques tecnológicos são empreendimentos para a promoção de ciência, tecnologia e inovação. São espaços que oferecem oportunidade para as empresas transformarem pesquisa em produto, aproximando os centros de conhecimento (universidades, centros de pesquisas e escolas) do setor produtivo (empresas).


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar