acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Rio de Janeiro sedia reunião das juntas comerciais

06/12/2013 | 14h47

 

O Rio de Janeiro sedia nesta sexta-feira (6) a reunião de presidentes de juntas comerciais do país. Coordenado também pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, o encontro tem como objetivos a avaliação da gestão realizada neste ano e o planejamento para 2014.
"Um dos maiores problemas para o desenvolvimento no Brasil é o da burocracia. Nos últimos seis anos no Rio de Janeiro, trabalhamos arduamente para reverter isso. Conseguimos reduzir o tempo médio para abertura de uma empresa no estado, de 81 dias para apenas quatro dias. E ainda não é o nosso ideal. Vamos melhorar mais", disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.
Segundo o presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), Carlos de La Rocque, a Jucerja registrou, de 2000 a 2006, a abertura de 201.064 empresas, em todo o estado do Rio de Janeiro. De 2007 a 30 de novembro de 2013, o órgão registrou a abertura de 296.098 empresas, em todo o território fluminense.
A cidade também recebe a primeira cerimônia de entrega do prêmio do Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI) da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República. Criada este ano, a premiação é destinada a projetos para melhorar o funcionamento das juntas comercias.
O ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif Domingos, e o secretário Julio Bueno, participarão da entrega do prêmio, que acontecerá, a partir das 19h, no hotel Royal Tulip.

O Rio de Janeiro sedia nesta sexta-feira (6) a reunião de presidentes de juntas comerciais do país. Coordenado também pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, o encontro tem como objetivos a avaliação da gestão realizada neste ano e o planejamento para 2014.

"Um dos maiores problemas para o desenvolvimento no Brasil é o da burocracia. Nos últimos seis anos no Rio de Janeiro, trabalhamos arduamente para reverter isso. Conseguimos reduzir o tempo médio para abertura de uma empresa no estado, de 81 dias para apenas quatro dias. E ainda não é o nosso ideal. Vamos melhorar mais", disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.

Segundo o presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), Carlos de La Rocque, a Jucerja registrou, de 2000 a 2006, a abertura de 201.064 empresas, em todo o estado do Rio de Janeiro. De 2007 a 30 de novembro de 2013, o órgão registrou a abertura de 296.098 empresas, em todo o território fluminense.

A cidade também recebe a primeira cerimônia de entrega do prêmio do Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI) da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República. Criada este ano, a premiação é destinada a projetos para melhorar o funcionamento das juntas comercias.

O ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif Domingos, e o secretário Julio Bueno, participarão da entrega do prêmio, que acontecerá, a partir das 19h, no hotel Royal Tulip.

 



Fonte: Ascom Sedeis
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar