acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Refinaria do Pecém

Refinaria espera decisão da Funai

01/10/2009 | 03h37
Além da adaptação do projeto, refinaria do Pecém aguarda definição da Funai sobre Anacé para obras se iniciarem.


O presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, garantiu que o início das obras da refinaria Premium II a ser instalada no complexo Portuário do Pecém depende da definição da Funai sobre o reconhecimento, ou não, dos índios Anacé.


Gabrielli esclareceu esta questão na última terça-feira, durante a reunião mensal de diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília. A informação foi repassada ontem pelo presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macêdo, que participou do evento.


As obras da refinaria, no entanto, não têm data para início pois a estatal está readaptando o projeto, o que já havia sido divulgado anteriormente.


Roberto Macêdo confirmou que o empreendimento está garantido. "É de interesse do governo e da Petrobras". O empresário cearense contou que o presidente da petrolífera também comentou sobre a pendência na refinaria do Maranhão, cujo projeto também esbarra na titularidade do terreno.


Macêdo, assim como o governador do Ceará Cid Gomes, não acredita na existência de índios nas terras que serão da refinaria. "Não acredito que estejamos invadindo território indígena", afirmou o presidente da Fiec. "Não tem nada que caracteriza a existência de grupo com toda a sua cultura. Todos já estão civilizados. Participam da vida normal". Para ele, a questão será resolvida logo.




Fonte: Diário do Nordeste
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar