acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Quase 50% do petróleo do vazamento da BP continuam no Golfo do México

28/09/2010 | 09h57
Quase 50% do petróleo que vazou da plataforma da britânica BP no Golfo do México permanecem na região, afirmou um especialista a uma comissão presidencial na segunda-feira, contradizendo um relatório bem mais otimista do governo.


O oceanógrafo Ian MacDonald disse que apesar de boa parte do petróleo ter sido dispersada, evaporada, queimada ou limpa, "a parcela remanescente - quase 50% do total do vazamento - é material altamente persistente que resiste à dissipação".


O especialista disse que 2,4 milhões de barris de petróleo permanecem no frágil ecossistema, dos 4,9 milhões estimados que foram parar no Golfo do México durante os 87 dias de vazamento, antes do poço ser fechado.


"Boa parte do vazamento de petróleo agora está enterrado em sedimentos marinhos e costeuros", advertiu MacDonald.


A análise do oceanógrafo contrasta com o relatório oficial, bem mais otimista, divulgado em agosto e segundo o qual 75% do vazamento do poço operado pela BP havia desaparecido.
 


Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar